Por Ana Vidigal | Sexta-feira, 11 Setembro , 2009, 10:53

"A 10 de Março de 2002 descemos uma 5th Avenue deserta e fria. Íamos* subir ao Empire State Building, que voltara a ser o maior edifício de NYC. A 366 metros por minuto o céu fica mais perto. Não estava muita gente. Estava até muito pouca gente. Ali e na cidade inteira. De repente, duas enormes colunas de luz azul substituiram o World Trade Center.
Ninguém falou, fotografou ou fez qualquer gesto.Olhamos simplesmente em silêncio. Depois descemos, voltamos pela Broadway até à 51.
Nunca falamos muito sobre essa noite. Voltamos muitas vezes a NYC. Nunca fomos ao Ground Zero. Por respeito."

 

(comentário colocado por mim  a 11.09.08, no texto "Rapsódia em blue" de José Pedro Barreto no blogue Caminhos da Memória)

 

*  Madalena Barbosa (1942 - 2008) e eu


Por Vera Santana | Sexta-feira, 11 Setembro , 2009, 08:31

Um testemunho pessoal

 

Por duas vezes, a 11 de Setembro, o mundo pula e transforma-se. Foi em 1973, com o fim absoluto do socialista Allende, foi em 2001 com a implosão de duas Torres Gémeas e o espectacular eclodir  de um conflito latente. Em 1973 senti-me socialista. Em 2001 senti-me ocidental.

 

De 2001 para cá, à porta de entrada do século XXI, nada ficou igual.


Protocolos
comentários recentes
Ainda bem que procurei por ti na internet em geral...
A discussão sobre pagar a saúde de acordo com os r...
Espero que o José Sócrates faça um bom trabalho..
Boa tarde, gostava da vossa opinião.hoje dirigi-me...
EsclarecimentoA notícia é apenas sobre uma propost...
Venho por este meio relatar-vos uma situação que c...
Sou nova nestas andanças, da net (não em anos-57) ...
Obrigada pelos textos que nos deram a ler, a refle...
Estou de acordo com a ideia lançado por vocês impo...
Simplex , simplesmente. convido-os a visitarem o m...
já agora gostaria que observem uma iniciativa empr...
Estava a gostar deste blog...
Uma escrita muito pobre, na generalidade dos casos...
Estou numa dúvida: a oposição não foi eleita para ...
Posts mais comentados
15 comentários
arquivos
pesquisar neste blog
 

As imagens criadas pelo autor João Coisas apenas poderão ser utilizadas em blogues sem objectivo comercial, e desde que citada a respectiva origem.