Por André Couto | Sábado, 01 Agosto , 2009, 14:43

Joana Amaral Dias (JAD) tem um ego necessitado de muitos olhos e penas a ele dedicados. Não é defeito, é um feitio criticável e louvável como qualquer outro.
Em entrevista à SIC reafirmou ontem o convite que lhe terá sido feito por Paulo Campos, Secretário de Estado das Obras Públicas. Repito então a pergunta que me surgiu há dias: porque não reagiu assim quando há dois anos foi convidada para ser mandatária da candidatura de Mário Soares?
Desde essa altura JAD desapareceu da vida do Bloco de Esquerda. O auge deste ocaso deu-se no último Congresso quando foi afastada da Mesa Nacional do Partido e, mais grave que isso, excluída a sua imagem dos vídeos que incessantemente passavam com a história do Bloco de Esquerda.
Não mais se vira JAD, mas eis que ressurge envolta em polémica, bem ao seu gosto. É a estrela do Verão político!
JAD foi sondada, felizmente. Orgulho-me que o Partido Socialista esteja activo na busca de mais valias independentes na Sociedade Civil. JAD apoiou Mário Soares contra o candidato do seu Partido, foi excluída da Mesa Nacional e raramente tem sido vista como rosto do Bloco de Esquerda. Há mal que seja sondada integrar as Listas do Partido Socialista?
Compreendo que em plena crise existencial a Joana tenha chegado ao pé do Francisco e dito: "Estás a ver! Não me queres nas Listas mas eles querem! Não tenhas cuidado, não...". O que queria é que a Joana e o Francisco compreendessem que o País não tem nada a ver com essas ciumeiras e muito menos com a crise de identidade de um Bloco que, consumido em questiúnculas internas e sem identidade própria una, vê fugir ou ameaçar de fuga os seus melhores quadros.
Felizmente JAD agiu desta forma. É que estou certo que o seu ego seria incompatível com o compromisso que o Partido Socialista lhe propunha. Mais tarde ou mais cedo daria asneira.

 

(Também no Delito de Opinião)


Carlos Cidrais a 1 de Agosto de 2009 às 15:18
Os socialistas e seus apoiantes tem algum problema em aceitar que o cerne da questao e a negociacao de cargos publicos como moeda de troca na negociacao de listas, por dirigentes de um partido que ainda nem tinha sido eleito.
Mas presumo que tambem ache isto normalissimo.

Tomás Vasques a 1 de Agosto de 2009 às 15:37
Caro Carlos Cidrais: o cerne da questão é um só: alguém do partido socialista convidou para integrar as listas de candidato a deputado uma pessoa que tinha apoiado o partido socialista – o seu candidato – nas últimas presidenciais e que, ainda por cima, foi escorraçada do seu partido, o BE , por esse facto. Isso é normal, como normal é, na nossa democracia, para um conjunto de lugares de topo do aparelho de Estado serem escolhidas pessoas em quem se confia a execução das políticas do governo eleito. Ou pensa que o PSD, caso ganhasse as eleições, não atribuiria todos esses lugares a pessoas da sua confiança? Só uma partidarite aguda permite meter a cabeça debaixo da areia e olhar para situações normais como «atentados» não sei bem a quê. O único atentado aqui foi cometido por Louçã que lançou acusações sem fundamento. O resto é espuma, com todo o respeito.

Carlos Cidrais a 1 de Agosto de 2009 às 15:47
Caro Tomas Vasques:
Esta a branquear a questao.
Partidarite? Deve ter-me entendido mal: nao sou apoiante/militante de qualquer partido portugues.
De resto, mal vai a sociedade que nomeia pessoas nao pelas competencias que tem para desempenhar a funcao, mas porque estas se dispoe a executar a politica ( qual e o papel da consciencia critica e auto determinacao nesse modelo que voce acha normal ? ), e mais, como uma moeda de troca por se predispor a figurar nas listas de deputado.
E ainda me diz que sou eu que estou a colocar a cabeca na areia?
A isto chama-se " favores entre amigos " e e tipica de outras organizacoes que nao o governo de um povo.

André Couto a 1 de Agosto de 2009 às 15:58
Favorecimento entre amigos? A JAD é tão amiga do PS que inclusivamente terá ficado indignada com a sondagem e rejeitado o eventual lugar.
Parece-me inegável que a JAD, por muitos defeitos que tivesse, ainda que não tenha sido convidada seria uma excelente pessoa para liderar o IDT numa lógica de mérito e competência.
Quanto ao IDT como moeda de troca, parece-me que no mínimo isso se encontra por provar.

Carlos Cidrais a 1 de Agosto de 2009 às 16:02
Muita coisa esta por provar nesta e noutras historias.
O que sabe e que o as partes estao dispostas a admitir em publico.
A si nao sei...mas a mim deixa-me um travo amargo saber que a politica portuguesa e conduzida desta forma.
E ja agora esclareca-me, quais as competencias tecnicas, formacao academica, experiencia profissional previa relevantes, o que quer que seja, que voce encontra para qualificar JAD como " uma excelente pessoa para liderar o IDT numa lógica de mérito e competência. "?

André Couto a 1 de Agosto de 2009 às 16:22
Não me agrada mas o Homem não é naturalmente bom e honesto e ainda não se inventou alternativa à Democracia.

JAD é Professora Universitária na área da Psicologia Clínica e tem bastante experiência política. É inegavelmente uma pessoa inteligente, competente e que reúne já uma vasta intervenção na área.
Seria uma solução que em nada me chocaria.

Carlos Cidrais a 1 de Agosto de 2009 às 16:35
Fico corrigido e agradeco o comentario. A falar e que a gente se entende.
Cumprimentos

André Couto a 1 de Agosto de 2009 às 16:45
Com facilidade pode ver que estou a ser isento. Politicamente o que mais convém é diminuir JAD e não foi o que fiz. Obrigado pelo diálogo sério e correcto, às vezes é complicado neste tipo de blogs.
Cumprimentos.

De
  (moderado)
Nome

Url

Email

Guardar Dados?

Este Blog tem comentários moderados

(moderado)
Ainda não tem um Blog no SAPO? Crie já um. É grátis.

Comentário

Máximo de 4300 caracteres




O dono deste Blog optou por gravar os IPs de quem comenta os seus posts.

Protocolos
comentários recentes
Ainda bem que procurei por ti na internet em geral...
A discussão sobre pagar a saúde de acordo com os r...
Espero que o José Sócrates faça um bom trabalho..
Boa tarde, gostava da vossa opinião.hoje dirigi-me...
EsclarecimentoA notícia é apenas sobre uma propost...
Venho por este meio relatar-vos uma situação que c...
Sou nova nestas andanças, da net (não em anos-57) ...
Obrigada pelos textos que nos deram a ler, a refle...
Estou de acordo com a ideia lançado por vocês impo...
Simplex , simplesmente. convido-os a visitarem o m...
já agora gostaria que observem uma iniciativa empr...
Estava a gostar deste blog...
Uma escrita muito pobre, na generalidade dos casos...
Estou numa dúvida: a oposição não foi eleita para ...
Posts mais comentados
88 comentários
50 comentários
44 comentários
43 comentários
38 comentários
36 comentários
27 comentários
25 comentários
arquivos
pesquisar neste blog
 
subscrever feeds

As imagens criadas pelo autor João Coisas apenas poderão ser utilizadas em blogues sem objectivo comercial, e desde que citada a respectiva origem.