Por Ana Paula Fitas | Quinta-feira, 30 Julho , 2009, 23:04

Temos ouvido falar pouco da Banda Larga da Esquerda. É pena!... A Banda Larga da Esquerda é essencial para a dinâmica de vitória destas eleições. Se a Convergência de Esquerda é um reforço da esperança para Lisboa, a Banda Larga da Esquerda é importante para que se não perca a mensagem, o desafio e o objectivo político de todos os que não duvidam do prejuízo nacional que resultaria de uma governação de direita... os sinais são mais assustadores e sintomáticos do que provavelmente gostariamos mas, de facto, não é preciso esforço algum para perceber quais as bandeiras da direita e desmistificá-las reduzindo-as à sua natureza demagógica, populista e manipuladora... sob o lema "uma política de verdade", Manuela Ferreira Leite assumiu já que, nem investimento público, nem políticas sociais integrarão o seu eixo de prioridades de acção, deixando claro que perspectiva a proporcionalidade da carga fiscal em função dos rendimentos, designadamente no que se refere aos que se situam muito acima da média, como algo que só se justificaria "se os ricos andassem p'raí a dizer que não sabem o que hão-de fazer ao dinheiro" -expressão de "redutio ad absurdum" do senso comum que se constitui como um atentado a uma democrática e eficaz forma de tentar encontrar respostas justas para a crise que o país atravessa... tal como Alberto João Jardim assumiu que, o que à direita interessa na próxima legislatura, é a revisão constitucional para proibir o comunismo e extinguir o Tribunal Constitucional (o qual, contudo, mereceu à direcção do PSD o maior apoio por ter dado razão a Cavaco Silva em casos polémicos que o próprio PSD votou favoravelmente!), secundado por Pacheco Pereira, Rangel e o silêncio dos restantes. Nesta senda da "verdade", a lógica da direita alcançou um momento alto da sua estratégia eleitoral com os mais recentes cartazes negros do CDS-PP em que se mistura o caso BPN com as PME's de forma a provocar básicas reacções de choque e em que, mais grave ainda, se acusam os desempregados e os pobres que carecem do subsídio social de inserção, de não "quererem" trabalhar! A pergunta que se coloca a uma Esquerda credível e responsável é a de saber se prefere ser cúmplice da tomada do poder político pela direita, em nome da conquista de mais um ou outro deputado que não irá alterar a correlação de forças parlamentar ou, se é capaz de se ultrapassar a si própria em nome do interesse nacional. A Esquerda em Banda Larga ou melhor, A Banda Larga da Esquerda deveria equacionar o problema com seriedade... porque ou se está na política com as pessoas, isto é, com os cidadãos... ou se está na política para servir corporativismos que, sendo legítimos, são, neste momento, dispensáveis e inoportunos... A demagogia exacerbada do olhar único, seja ele de que lado fôr, pode ser sedutora mas é, por certo, contraproducente. A  sensatez e o bem-comum sabem isso, por experiência. A  Banda Larga da Esquerda precisa de todos... e o país justifica o esforço. É isso que os cidadãos querem e merecem... 


Fernando Cardoso a 31 de Julho de 2009 às 21:57
Banda larga de esquerda
A minha mãe, que tem para lá dos 80 diz isso desde
que o Cavaco foi eleito presidente. Também diz que um país que elege tal
Presidente da República não merece grande consideração, mas adiante. De facto
esta ideia de uma frente de esquerda (perdoarão a linguagem clássica), é
a única possibilidade para termos um país livre, bem disposto, minimamente
feliz. Mas há gente dita de esquerda que não está a perceber nada, que não
tem visão e que apenas funciona com as regras do aparelho. Diria que estagnaram
não no PREC mas um pouco mais atrás em Maio 68 mesmo se alguns deles ainda
andassem de cueiros.
O Sr. Jerónimo não leu os clássicos com atenção
porque se o tivesse feito (em vez de ler todas as obras de Cunhal), perceberia
que há momentos em que a História (o que quer que isso seja) exige, neste
caso da parte do PC, que se alie temporariamente com o seu inimigo de classe
com vista a ultrapassar uma muito difícil e única e temporária situação.
Que frentise ” com claros e límpidos objectivos, escalonados no seu âmbito
e no seu tempo.
O puto Louçã anda há uns meses, assim que acorda de manhã,
com aquela mania: hoje vou roubar 3 militantes ao PS. O puto Louçã também
não leu os clássicos mas é natural, ainda não estão publicados e digitalizados
nas diversas bibliotecas on-line e, que se saiba não há e-learning no FrontBook .
O puto Louçã tem que saber distinguir uma coisa básica para os trotskistas
que é a definição de inimigo principal sob pena de passarem a considerar
afinal, Stalin um gajo porreiro. O PS dos inefáveis Lellos e Canas ( que
têm aquele slogan Largo do Rato for ever ) também está convencido que vai
ter uma votação superior ao PSD, logo, na sua lógica vai ganhar as eleições,
logo deve governar. O PS está doente e necessita de uma Alegre intervenção
cirúrgica antes de Outubro para ver se percebe em que país está. Que esta
banda de esquerda seja também uma espécie de banda gástrica que não deixe
engordar a direita. Chamo-lhe direita erradamente porque ser de direita pressupõe
uma ideologia e a Dona Manuela é uma vaga contabilista e, como se sabe, os
contabilistas não se metem em política. O Dr. Portas esse sim, um verdadeiro
ideólogo de catequese que, à pala da democracia cristã lá vai publicando
o seu veneno na linha dos melhores Evangelhos. Dito isto e parafraseando
já não sei quem: “ e não se pode exterminá-los?”

De
  (moderado)
Nome

Url

Email

Guardar Dados?

Este Blog tem comentários moderados

(moderado)
Ainda não tem um Blog no SAPO? Crie já um. É grátis.

Comentário

Máximo de 4300 caracteres




O dono deste Blog optou por gravar os IPs de quem comenta os seus posts.

Protocolos
comentários recentes
Ainda bem que procurei por ti na internet em geral...
A discussão sobre pagar a saúde de acordo com os r...
Espero que o José Sócrates faça um bom trabalho..
Boa tarde, gostava da vossa opinião.hoje dirigi-me...
EsclarecimentoA notícia é apenas sobre uma propost...
Venho por este meio relatar-vos uma situação que c...
Sou nova nestas andanças, da net (não em anos-57) ...
Obrigada pelos textos que nos deram a ler, a refle...
Estou de acordo com a ideia lançado por vocês impo...
Simplex , simplesmente. convido-os a visitarem o m...
já agora gostaria que observem uma iniciativa empr...
Estava a gostar deste blog...
Uma escrita muito pobre, na generalidade dos casos...
Estou numa dúvida: a oposição não foi eleita para ...
Posts mais comentados
88 comentários
50 comentários
44 comentários
43 comentários
38 comentários
36 comentários
27 comentários
25 comentários
arquivos
pesquisar neste blog
 
subscrever feeds

As imagens criadas pelo autor João Coisas apenas poderão ser utilizadas em blogues sem objectivo comercial, e desde que citada a respectiva origem.