Por Carlos Manuel Castro | Terça-feira, 21 Julho , 2009, 01:55

           

 

Após a convocação das eleições, para 27 de Setembro, começou-se a ouvir toda a oposição ainda mais empenhada em xingar o Governo, o PS e José Sócrates.

O único objectivo, a única causa que move todos os partidos, do CDS ao BE, passando pelo PPD e PCP, é derrubar o PS. Custe o que custar.

Há uma sede obsessiva de condenar e derrubar a governação socialista.

Nunca, como hoje, houve tanto empenho da oposição em querer derrotar um Governo com tanta obra feita.

Há pouco mais quatro anos, quando o País despejou Santana Lopes e o seu Governo de direita, tal se deveu a uma profunda vontade de querer recuperar o crédito das instituições e legitimar um Governo que operasse uma efectiva mudança no País. Tudo o que a direita não fizera, pois anunciara a tanga e desbaratou as finanças, desacreditou o ensino e quase desmantelou a Segurança Social, desprezou a Saúde e ignorou a Economia. Ingredientes suficientes para afundar Portugal.   

Sócrates apresentou cinco grandes medidas, para dar um rumo ao País: Plano Tecnológico; Inglês no Básico; Retirar 300 mil idosos da pobreza; Criar o Cartão Único; e, criar 150 mil postos de trabalho.

Sócrates cumpriu o prometido, à excepção da medida de emprego, que só não a completou - e é importante referir que foram criados ao longo destes anos mais de 100 mil novos postos de trabalho, por que a crise global, que afecta tudo e todos, ao mesmo tempo, não permitiu a concretização desta medida na actual legislatura.

Infelizmente, a demagogia de toda a oposição faz de conta que não há uma crise global e que esta não tem impacto no nosso País. Como se no mundo actual algum Estado estivesse a criar ondas massivas de postos de trabalho.

O PS prometeu um rumo em 2005 e este foi concretizado.

Temos boas razões para considerar que o saldo desta governação socialista foi bastante positivo.

Somos admirados e reconhecidos no mundo por termos políticas exemplares, como a educativa e energética, que foram, e bem, concretizadas entre 2005 e 2009.

Mas, agora, é tempo de exigir mais. É tempo de o PS dar ainda mais ao nosso País. E fazê-lo progredir para níveis qualidade ainda mais elevados.

Os últimos anos elevaram os nossos patamares de desenvolvimento, mas precisamos de mais e melhor, de modo a continuar nesta senda, de criar um Portugal mais progressista e justo.

É preciso continuar a dar apoio ao rumo que se abriu em 2005, para que não recuemos.


De
  (moderado)
Nome

Url

Email

Guardar Dados?

Este Blog tem comentários moderados

(moderado)
Ainda não tem um Blog no SAPO? Crie já um. É grátis.

Comentário

Máximo de 4300 caracteres




O dono deste Blog optou por gravar os IPs de quem comenta os seus posts.

Protocolos
comentários recentes
Ainda bem que procurei por ti na internet em geral...
A discussão sobre pagar a saúde de acordo com os r...
Espero que o José Sócrates faça um bom trabalho..
Boa tarde, gostava da vossa opinião.hoje dirigi-me...
EsclarecimentoA notícia é apenas sobre uma propost...
Venho por este meio relatar-vos uma situação que c...
Sou nova nestas andanças, da net (não em anos-57) ...
Obrigada pelos textos que nos deram a ler, a refle...
Estou de acordo com a ideia lançado por vocês impo...
Simplex , simplesmente. convido-os a visitarem o m...
já agora gostaria que observem uma iniciativa empr...
Estava a gostar deste blog...
Uma escrita muito pobre, na generalidade dos casos...
Estou numa dúvida: a oposição não foi eleita para ...
Posts mais comentados
88 comentários
50 comentários
44 comentários
43 comentários
38 comentários
36 comentários
27 comentários
25 comentários
arquivos
pesquisar neste blog
 
subscrever feeds

As imagens criadas pelo autor João Coisas apenas poderão ser utilizadas em blogues sem objectivo comercial, e desde que citada a respectiva origem.