Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

SIMplex

SIMplex

29
Jul09

A esquerda democrática e a discricionariedade das políticas públicas

GWOM

Sempre gostei de um bom debate de ideias, ademais no espaço blogoesférico que frequento, de forma intermitente, desde 2003. Com esta adesão ao blogue simplex, não interrompo a minha independência de opinião, nem pretendo (como qualquer um de nós aqui presente) simular a vinculação própria de uma disciplina de voto.

 

Entendo, contudo, que a hora é de reflexão. A crise financeira (primeiro) e a crise económica (depois), provocaram um rejuvenescimento das políticas financeiras discricionárias e revelaram novos tipos de intervenção do Estado, no curto prazo. Com este novo tipo de intervencionismo, a direita liberal, do Estado mínimo e confiante nos operadores económicos, entrou em crise, por tendencialmente ter encontrado fundamentos no entendimento errado de certos limites (como a consolidação orçamental, que é um meio e nunca um objectivo final das políticas financeiras).

 

É na compreensão da intervenção discricionária do Estado e no seu reforço de poderes no curto prazo, que reforço a minha adesão aos ideais da esquerda democrática. Num Estado sólido, reprodutivo, imune aos grupos de pressão, que assegure as expectativas presentes e futuras e que preencha o vazio da cruel selecção natural que é o facto de não escolhermos onde e quando nascemos.

3 comentários

Comentar post