Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

SIMplex

SIMplex

24
Jul09

Quando a VERDADE é incómoda

O Jumento

A Carlyle é um fundo de investimentos americano ligado à família Bush, tão ligado que no mesmo momento em que as torres eram atingidas por aviões em Washington decorria uma sessão de promoção junto de investidores, entre os quais estrava um Bin Laden, que desapareceu dos EUA sem deixar rasto. Na Europa este Fundo tem a representá-lo gente grada da direita, por exemplo, no Reino Unido é representada por John Major, em Portugal era representada por Martins da Cruz que assumiu o cargo um mês depois de ser ministro. Recorde-se que Martins da Cruz é o pai da menina que ia entrar no curso de medicina pela porta do cavalo e ficou famoso com a sua "diplomacia económica".


Pois esta Carlyle esteve à beira de comprar a Galp ao preço da uva mijona e, a crer na denúncia então feita por Louça e mal esclarecida, quem entrava com o dinheiro. A empresa que servia de testa de Ferro era a Fomentiveste que tinha à sua frente Ângelo Correia. Levantada a lebre o negócio foi esquecido.

 

Recorde-se que o famoso DVD divulgado por um semanário, que é propriedade de um conhecido empresário, dirigente do PSD e patrão de Marques Mendes, apareceu só depois de a Freeport ter sido comprada pela Carlyle. Aliás, a Carlyle foi obrigada a comprar a Freeport pelo regulador britânico já que tentou recuar já depois do negócio ter sido anunciado.

 

Seria interessante se Manuela Ferreira Leite, que na época era ministra das Finanças, esclarecesse os portugueses sobre os contornos daquele negócio.

 

Enfim, se a VERDADE pode ser incómoda, muito mais o é quando vem misturada com coincidências estranhas.
 

9 comentários

Comentar post