Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

SIMplex

SIMplex

29
Ago09

DOIS ANOS, DIZ ELE

Eduardo Pitta

Falando hoje na Universidade de Verão do PSD, Marcelo Rebelo de Sousa afirmou que o programa eleitoral do partido é um documento «plausível». A parcimónia dá a medida do entusiasmo. Mas o melhor veio a seguir, quando afirmou que se trata de «um programa para as eleições de 27 de Setembro, mas [também] um programa que eu acho que me parece pensado para a hipótese possível, plausível, de sair um Governo minoritário e de haver novas eleições dois anos depois.»

 

Das duas uma: Marcelo não acredita na vitória do PSD, antevendo um governo do PS que caia com a gritaria da rua (no limite do prazo constitucional de dissolução da Assembleia da República por Cavaco, factor que encurta o prazo para menos de dois anos); ou Marcelo não acredita na capacidade de Manuela Ferreira Leite se aguentar mais de dois anos.

 

Pode haver uma terceira possibilidade: sem o dizer abertamente, como disseram, com diferente grau de convicção, João de Deus Pinheiro, Pina Moura e até Paulo Mota Pinto [«Não excluo nenhuma hipótese»], Marcelo pode estar a apostar numa solução do tipo Bloco Central, hipótese muito útil para apanhar os cacos da débâcle (BPN, BPP, etc.) financeira.