Por João Galamba | Sexta-feira, 24 Julho , 2009, 11:25

Não acham irónico que o primeiro post de um blog chamado Jamais tenha sido escrito por alguém conhecido por elogiar Salazar? 

tags:

Carlos Manuel Castro a 24 de Julho de 2009 às 11:38
Caro João,

O que se constata nas bandas do jamais (que conta com pessoas estimadas, como a Isabel Goulão e o Nuno Gouveia) é uma enorme vontade de dizer mal.

Mas, há falta de qualquer ideia ou causa, há sempre a postura de condenar os outros.

A Liberdade também permite esta possibilidade! Porém, nós somos daqueles que queremos suspender por seis meses ou tempo indeterminado essa possibilidade democrática de quem quer manifestar de criticar sem sentido o faça com total liberdade.

Por outro lado, não deixa de ser curioso verificar que alguns dos mais presentes e assumidos bloguistas laranjas da blogosfera não estão no novo blog. Será pelo facto de terem há pouco mais de um ano apoiado Pedro Passos Coelho?

leixao a 24 de Julho de 2009 às 11:40
desculpe lá, mas creio que se enganou no link

jeronimo a 24 de Julho de 2009 às 11:49
Mas será que ainda ninguém reparou que as qualidades mas exaltadas pelos defensores de MFL são exactamente as mesmas dos saudosos de Salazar ?
Atenção, não estou a dizer que a respeitável Sra é um novo Salazar !! Mas que os seus seguidores por vezes lhe projectam essa imagem, isso é indiscutível.

Anónimo a 24 de Julho de 2009 às 12:26
Certíssimo.

aviador a 24 de Julho de 2009 às 13:22
Irónico, jamais!
Sintomático, revelador, isso é que é!

M. Isabel Goulão a 24 de Julho de 2009 às 16:17
Muita simpatia sua, Carlos, mas também tenho algumas coisas a dizer, e não exactamente a favor do governo:)

Quanto ao Salazar,é deixá-lo lá no cemitério onde está há muitos anos e não se prevê que regresse dos mortos.
O João Gonçalves escreve muitíssimo bem.
Um abraço, Carlos
ISabel

Carlos Manuel Castro a 24 de Julho de 2009 às 17:27
Cara Isabel,

Não temos de estar sempre de acordo. :)
Desde o tempo da "nossa" Ségolène que assim é!

M. Isabel Goulão a 24 de Julho de 2009 às 17:33
E quem ganhou, quem foi, quem foi??
:)
:)
Aqu,i como na vida, sempre com bons modos e lisura no trato.
Até breve

Carlos Manuel Castro a 24 de Julho de 2009 às 18:13
É a democracia. Nem sempre quem queremos que ganhe merece confiança maioritária das pessoas. Por isso, respeito a vontade dos gauleses.

Mas continuo a considerar, e sei que ao contrário da Isabel, que a França hoje poderia estar muito melhor com Ségolène.

No caso francês ainda teremos mais três anos para análise. Por enquanto, é hora de fazer isso por cá e vamos, com certeza, fazê-la ao longo destas semanas.

Um abraço,
Carlos

Bruno Gonçalves a 24 de Julho de 2009 às 18:15
Só o João Galamba para conseguir achar estas ironias. Parece-me que será a primeira de muitas nas semanas que se avizinham.

Paulo Marcelo a 24 de Julho de 2009 às 18:56
Caro João Galamba,
Penso que é melhor não irmos por este caminho de insinuações... vamos tentar puxar o debate para cima.
Votos de bons posts e discussões, um abraço
Paulo Marcelo

João Galamba a 24 de Julho de 2009 às 19:08
Paulo,

Acredite, não pretendi fazer qualquer insinuação sobre o Jamais. Se pareceu o contrário, não foi minha intenção. Em todo o caso peço desculpa se foi essa a ideia que passou.

Só uma pergunta: para além de escrever muito bem, ser de direita e não gostar de Sócrates, o que é que o João Gonçalves tem a ver com o PSD? Isto é mesmo uma pergunta

João Gonçalves a 24 de Julho de 2009 às 20:08
Caro Galamba: juro que não é o espectro de Salazar ou de Smerdiaev que está aqui. Sou eu, justamente para responder à pergunta. Fui militante do PSD até 2004. Ou seja, nada tenho presentemente a ver com o PSD enquanto tal. Todavia, entre o admirável líder e a dra. MFL, não hesito. Ou seja, não lhe dou uma segunda oportunidade. Ele teve-a e nem sequer conseguiu causar uma primeira boa impressão como recomendava o bonzinho Guterres. Boa impressão, nele, é apenas uma boa imagem, uma boa gravata, um bom fato e uma cara em bom estado. O resto não interessa. Foram quatro anos do suposto melhor que havia no PS. O melhor, afinal, do que não presta. Cumprimentos.

Rodrigo Adão da Fonseca a 24 de Julho de 2009 às 22:45
Caro Galamba,
Gostasse o João Gonçalves de Marx e já seria um grande democrata, certo?
Ab
RAF

Carlos Santos a 25 de Julho de 2009 às 00:45
Não estou a ver em que medida o texto do João Galamba remeteu para qualquer espécie de concretização política do marxismo. Aliás não me parece que o Partido Socialista tenha provas a dar nessa matéria, depois da experiência pós revolucionário em que Mário Soares esteve na linha da frente do combate a formas de ditadura de sinal diferente. Nesse sentido, ultrapassa-me o alcance prático da observação. Falha minha seguramente.
Cumprimentos,
Carlos Santos

Artur Sousa a 25 de Julho de 2009 às 06:59
Mas o que é que o Marx tem a ver com ditaduras de sinal contrário? RAF, essa conversa é um pouco básica...
A mim também me ultrapassa a (não) questão, uma vez que o PS se dizia um partido marxista há 30 anos atrás (não me obriguem a transcrever a declaração de princípios de 73...), e a menos que se tratasse de esquizofrenia, sabemos que defendeu a democracia com convicção.

Quando ao sujeito a quem se refere a posta, e que sobre Salazar escreve coisas destas: “Não foi um democrata e isso, na altura, não era exactamente um pecado”. Estamos conversados.

Cumprimentos

Protocolos
comentários recentes
Ainda bem que procurei por ti na internet em geral...
A discussão sobre pagar a saúde de acordo com os r...
Espero que o José Sócrates faça um bom trabalho..
Boa tarde, gostava da vossa opinião.hoje dirigi-me...
EsclarecimentoA notícia é apenas sobre uma propost...
Venho por este meio relatar-vos uma situação que c...
Sou nova nestas andanças, da net (não em anos-57) ...
Obrigada pelos textos que nos deram a ler, a refle...
Estou de acordo com a ideia lançado por vocês impo...
Simplex , simplesmente. convido-os a visitarem o m...
já agora gostaria que observem uma iniciativa empr...
Estava a gostar deste blog...
Uma escrita muito pobre, na generalidade dos casos...
Estou numa dúvida: a oposição não foi eleita para ...
Posts mais comentados
88 comentários
50 comentários
44 comentários
43 comentários
38 comentários
36 comentários
27 comentários
25 comentários
arquivos
pesquisar neste blog
 

As imagens criadas pelo autor João Coisas apenas poderão ser utilizadas em blogues sem objectivo comercial, e desde que citada a respectiva origem.