Por João Galamba | Sexta-feira, 24 Julho , 2009, 09:54

Já é um cliché da oposição: o governo nada fez. A oposição - sobretudo a de direita - passa grande parte do tempo a desvalorizar o ímpeto reformista do actual governo, reduzindo-o a um simples exercício de propaganda sem qualquer resultado prático. É tudo mentira, marketing, power-point, estatísticas, comunicação — e fanfarronice, muita fanfarronice. Mas esta acusação não sobrevive ao confronto com a realidade dos factos. Um exemplo: a redução do número de funcionários públicos. No programa apresentado em 2005, o PS prometeu menos 75 mil funcionários públicos. Resultado no final de 2008: menos 60 mil. É pouco? Dir-me-ão: muito ou pouco, o PS não cumpriu o objectivo. Aproximou-se, é certo, mas, em rigor, não cumpriu. E também não teria cumprido se tivesse reduzido apenas 74.999. Cada um fará o juízo e as contas que entender, mas uma coisa é certa: "nunca num regime democrático se fez uma redução desta dimensão"


jeronimo a 24 de Julho de 2009 às 10:59
Também tem imensa piada o argumento de que o país está muito pior do que em 2005 ! Factos são factos !! E o facto de pelo meio ter ocorrido um "abalozinho" é um mero pormenor insignificante.
O que me entristece mais é ver "jornalistas" ouvir isto e não referirem sequer a questão da crise, como se não tivesse qualquer relevância.

Carlos Manuel Castro a 24 de Julho de 2009 às 11:29
Mais uma medida bem implementada, mas que para alguns pouco ou nada diz.

assis a 24 de Julho de 2009 às 12:54
a questão que tem de ser colocada, e à qual jornalistas e comentadores se têm furtado (com que intenções?) é se, nos vários domínios, este governo fez mais ou menos que os anteriores governos psd/cds . e a resposta de alguém com um mínimo de honestidade intelectual, só pode ser uma. não só porque este governo implementou muitas medidas mas também porque os governos anteriores nada fizeram. e são precisamente as caras desses governos incompetentes que querem voltar novamente: a velha, o arnault , o sarmento , o portas e até o flopes .
esta é a questão central na campanha e que deve ser enfatizado até à exaustão aqui no simplex .

JB a 26 de Julho de 2009 às 05:00
Presumo que não tenham esquecido os fp que entretanto se reformaram naturalmente.
Agora, é tempo de aguardar pelos efectivos que um qq pp afirme ir dispensar na FP na próxima legislatura.
Irão incluir os Governadores Civis da nomenclatura?
Um programa PRAFRENTEX?

Protocolos
comentários recentes
Ainda bem que procurei por ti na internet em geral...
A discussão sobre pagar a saúde de acordo com os r...
Espero que o José Sócrates faça um bom trabalho..
Boa tarde, gostava da vossa opinião.hoje dirigi-me...
EsclarecimentoA notícia é apenas sobre uma propost...
Venho por este meio relatar-vos uma situação que c...
Sou nova nestas andanças, da net (não em anos-57) ...
Obrigada pelos textos que nos deram a ler, a refle...
Estou de acordo com a ideia lançado por vocês impo...
Simplex , simplesmente. convido-os a visitarem o m...
já agora gostaria que observem uma iniciativa empr...
Estava a gostar deste blog...
Uma escrita muito pobre, na generalidade dos casos...
Estou numa dúvida: a oposição não foi eleita para ...
Posts mais comentados
88 comentários
50 comentários
44 comentários
43 comentários
38 comentários
36 comentários
27 comentários
25 comentários
arquivos
pesquisar neste blog
 

As imagens criadas pelo autor João Coisas apenas poderão ser utilizadas em blogues sem objectivo comercial, e desde que citada a respectiva origem.