Por José Reis Santos | Quarta-feira, 19 Agosto , 2009, 00:40

É impressão minha ou a recente entrevista de Ferro Rodrigues ao Expresso apresenta-o como putativo candidato do PS às próximas presidenciais? Na minha opinião seria um óptimo candidato, e despoletaria um cenário muito interessante.

Pelas pontes que o ex-secretário-geral socialista constrói nas esquerdas à esquerda do PS colocaria imediatamente pressão nessa zona política, preocupada quase em exclusivo em atacar o PS «de Sócrates», e confrontaria BE e PCP na sua estratégia anti-PS. Estariam BE e PCP dispostos a apoiar este candidato do PS e confirmar que é só «deste PS» que bloquistas e comunistas fogem? Ou será que é mesmo do PS, seja ele qual for?

No actual momento pré-eleitoral sabemos que o PS é o único partido de esquerda que pode aspirar ao Governo do país e que têm sido sistematicamente afastadas as possibilidades de coligações à esquerda. Assim, e uma vez que o sistema eleitoral português (ainda) é proporcional – e bem –, e se BE e PCP nunca admitem soluções governativas conjuntas com o PS, este tem sempre de liderar governos a solo (em maioria, preferencialmente – por questões de governabilidade -, ou em minoria). Não há outras hipóteses para se ter governos à esquerda em Portugal.

A questão é, então, saber se PCP e BE (em especial este), que se desmarcam de um governo com o PS, apoiarão uma candidatura socialista para a Presidência, admitindo para o efeito uma aliança com o PS; o que a se verificar, se apresentaria um pouco contraditório. É que se a intenção dos comunistas e dos bloquistas é contribuir para uma política de esquerda em Portugal, e impedir um regresso da direita ao poder (sic), e uma vez que o sistema político português é dominado legislativamente pelo Governo (e pelo Parlamento), não faria mais sentido apoiar uma solução governativa? É que o Presidente apenas «influencia», não governa.

A não ser que essa esquerda, a tal esquerda à esquerda, apenas queira ter «influência», e não responsabilidade na vida política portuguesa. E sinceramente, já não há paciência para essa fuga ao compromisso. Mais vale uma (nova) maioria PS.

 

[também aqui]


Interessado a 19 de Agosto de 2009 às 01:24
Interessante...

Cavaco Silva é claramente um mau PR, mas o PSD e o PP vão apoiá-lo...

Falta a esquerda decidir quem apoia... Manuel Alegre é um nome a ter em conta... Ferro Rodrigues outro...

Eu prefiro Alegre!

tormelindo fuas a 19 de Agosto de 2009 às 13:35
Ferro seria sem dúvida um excelente candidato, com a vantagem de, como PR, ter uma noção mais real do que é a governação e, como tal, não colocar obstáculos mais ou menos absurdos a reformas de um governo PS. Alegre neste aspecto pode ser bem mais imprevisível...

Protocolos
comentários recentes
Ainda bem que procurei por ti na internet em geral...
A discussão sobre pagar a saúde de acordo com os r...
Espero que o José Sócrates faça um bom trabalho..
Boa tarde, gostava da vossa opinião.hoje dirigi-me...
EsclarecimentoA notícia é apenas sobre uma propost...
Venho por este meio relatar-vos uma situação que c...
Sou nova nestas andanças, da net (não em anos-57) ...
Obrigada pelos textos que nos deram a ler, a refle...
Estou de acordo com a ideia lançado por vocês impo...
Simplex , simplesmente. convido-os a visitarem o m...
já agora gostaria que observem uma iniciativa empr...
Estava a gostar deste blog...
Uma escrita muito pobre, na generalidade dos casos...
Estou numa dúvida: a oposição não foi eleita para ...
Posts mais comentados
88 comentários
50 comentários
44 comentários
43 comentários
38 comentários
36 comentários
27 comentários
25 comentários
arquivos
pesquisar neste blog
 

As imagens criadas pelo autor João Coisas apenas poderão ser utilizadas em blogues sem objectivo comercial, e desde que citada a respectiva origem.