Por Carlos Manuel Castro | Quinta-feira, 23 Julho , 2009, 00:43

"Está para nascer um primeiro-ministro que faça melhor no défice do que eu" - Sócrates

 

Ferreira Leite pode dizer: está para nascer uma candidata a primeiro-ministro que faça pior no défice do que eu fiz quando estive no Ministério das Finanças.

 

Duas opções para 27 de Setembro, uma única escolha.  


Diogo a 23 de Julho de 2009 às 02:09
Querem falar de défice?

Sócrates mantém o IRS em 11% para os bancos, cujos lucros batem recordes todos os anos. Todas as outras empresas pagam 25%.

Sócrates ofereceu à Grande Finança 2.500 milhões de euros pela nacionalização do BPN. Alguém saberá explicar porquê?

Carlos Santos a 23 de Julho de 2009 às 04:32
Nacionalização do BPN a 2 de Novembro de 2008? Ora deixe ver: o Lehman Brothers faliu em meados de Setembro na maior asneira da História Económica recente. O sistema financeiro americano tremeu, e nisto das finanças o contágio é mais rápido do que imagina. Em Inglaterra 8 bancos, se bem me lembro, precisaram de ajuda. Na Bélgica, a questão do Grupo Fortis deu pano para mangas com o Paris Bas. Os mercados financeiros estavam em montanha russa.
Acha mesmo que era o momento de deixar falir o primeiro banco na Europa? O tal risco sistémico era o efeito dominó sobre o sistema financeiro português.
Deixar falir o BPN em Novembro de 2008? Eu não acharia grande ideia.
Carlos Santos

Diogo a 23 de Julho de 2009 às 09:40
Qual efeito dominó sobre o sistema financeiro português? Os outros bancos têm batido recordes de lucros todos os trimestres. De que risco fala você?

Rui Herbon a 23 de Julho de 2009 às 09:48
Olhe que não, olhe que não:
http://tv1.rtp.pt/noticias/index.php?t=Lucro-dos-bancos-diminuiu-215-no-1-trimestre-deste-ano.rtp&article=226424&visual=3&layout=10&tm=5

Céptico... a 23 de Julho de 2009 às 12:46
Ora a análise feita à política orçamental de MFL pelo "post" é no mínimo caricato, já que se aquela mascarou alguma despesa e praticou medidas financeiras modernas (que o PS e os seus acólitos parecem desconhecer) como a venda de créditos de difícil ou onerosa cobrança, o que dizer da desorçamentação Socrática manifestada nos programas de de reconversão da Adm. Pública, vulgo PRACE, dos quais o maior exemplo é o processo de "privatização" da EP - EPE, agora EP - S.A., ou dos negócios imobiliários feitos com o património público em Lisboa... se não fosse ridículo não comentar a afirmação de Sócrates - bacoca, provinciana, falsa e pretenciosa - e aproveitá-la para atacar MFL, era muito humorístico... pena é que humor seja sinal de inteligência, coisa que vejo muito pouco manifestada neste blog fascizante.

Protocolos
comentários recentes
Ainda bem que procurei por ti na internet em geral...
A discussão sobre pagar a saúde de acordo com os r...
Espero que o José Sócrates faça um bom trabalho..
Boa tarde, gostava da vossa opinião.hoje dirigi-me...
EsclarecimentoA notícia é apenas sobre uma propost...
Venho por este meio relatar-vos uma situação que c...
Sou nova nestas andanças, da net (não em anos-57) ...
Obrigada pelos textos que nos deram a ler, a refle...
Estou de acordo com a ideia lançado por vocês impo...
Simplex , simplesmente. convido-os a visitarem o m...
já agora gostaria que observem uma iniciativa empr...
Estava a gostar deste blog...
Uma escrita muito pobre, na generalidade dos casos...
Estou numa dúvida: a oposição não foi eleita para ...
Posts mais comentados
88 comentários
50 comentários
44 comentários
43 comentários
38 comentários
36 comentários
27 comentários
25 comentários
arquivos
pesquisar neste blog
 

As imagens criadas pelo autor João Coisas apenas poderão ser utilizadas em blogues sem objectivo comercial, e desde que citada a respectiva origem.