Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

SIMplex

SIMplex

09
Ago09

Amiguismo e Sectarismo

Leonel Moura

O PSD, muito aflito com o desastre das listas, mandou Paulo Rangel desviar as atenções para um assunto claramente menor relacionado com o Conselho Nacional de Ética para as Ciências da Vida. Menor, porque de um lado temos deputados que fazem as leis do país e, do outro, um organismo consultivo, por muito importantes que possam ser os seus pareceres. Para mais Portugal tem muita gente competente para integrar este Conselho e não se esgota numa única pessoa.

Mas esta operação de típica agitação mediática não chega para esconder a realidade. A questão das listas tem certamente a ver com nomes, mas tem ainda mais a ver com a credibilidade da própria Manuela Ferreira Leite. Sem ideias tem apresentado como único argumento político que é uma mulher muito séria. Ora, a configuração das listas demonstra precisamente o contrário. Meteu os amigos, mesmo alguns com graves problemas com a justiça, e eliminou os adversários mostrando sectarismo e nenhuma abertura à opinião diversa. Amiguismo e sectarismo não são atributos adequados para quem pretende ser primeiro-ministro.

Comentar:

Mais

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

Este blog tem comentários moderados.

Este blog optou por gravar os IPs de quem comenta os seus posts.