Por Vera Santana | Domingo, 06 Setembro , 2009, 12:26

Consideram umas pessoas minhas amigas e semi-estrangeiras que o Primeiro Ministro português, José Sócrates, tem demonstrado ser alguém que quer fazer, que quer mudar Portugal e que o tem feito no sentido de modernizar e de desenvolver o País.

 

Considero eu importante ouvir a voz do "outro", do estrangeiro, sobre Portugal. Não porque esteja mais ou melhor informado mas porque está informado de outra maneira e transporta na voz a proximidade e a distância e um sentir desinteressado interessado.

 

Simmel definiu a singularidade da figura do estrangeiro como expressão de unidade de duas diferenças e/ou contrários; ao mesmo tempo que está à margem, a figura social em questão sente e instala-se na sociedade de acolhimento. Entre rejeição e integração, proximidade e distância, participação e observação, o estrangeiro, na sua singularidade, representa “o outro”, o que vive entre fronteiras simbólico-sociais.

 

Relembro as gostosas crónicas de Miguel Esteves Cardoso, há muitos anos atrás, quando voltou para Portugal, como um semi-estrangeiro, e via o que nós viamos todos os dias sem ver.


Protocolos
comentários recentes
Ainda bem que procurei por ti na internet em geral...
A discussão sobre pagar a saúde de acordo com os r...
Espero que o José Sócrates faça um bom trabalho..
Boa tarde, gostava da vossa opinião.hoje dirigi-me...
EsclarecimentoA notícia é apenas sobre uma propost...
Venho por este meio relatar-vos uma situação que c...
Sou nova nestas andanças, da net (não em anos-57) ...
Obrigada pelos textos que nos deram a ler, a refle...
Estou de acordo com a ideia lançado por vocês impo...
Simplex , simplesmente. convido-os a visitarem o m...
já agora gostaria que observem uma iniciativa empr...
Estava a gostar deste blog...
Uma escrita muito pobre, na generalidade dos casos...
Estou numa dúvida: a oposição não foi eleita para ...
Posts mais comentados
arquivos
pesquisar neste blog
 

As imagens criadas pelo autor João Coisas apenas poderão ser utilizadas em blogues sem objectivo comercial, e desde que citada a respectiva origem.