Por João Paulo Pedrosa | Sábado, 19 Setembro , 2009, 01:05

Depois de Moita Flores ter dado o seu apoio a José Sócrates, Pacheco Pereira não descansou enquanto não o afastou da corrida a presidente da Câmara de Santarém. Como isso não é possível nos termos legais, Pacheco Pereira recorre à pressão sobre os media. E não é que resultou!

 A Agencia Lusa, pressionada, acaba já de anunciar que Pacheco Pereira é candidato do PSD a Presidente da Câmara de Santarém.  

Tal como Pacheco, também "é com muita preocupação que vejo o ambiente que está a ser criado à volta dos órgãos de comunicação social que ousam criticar Pacheco Pereira".

 

 


Por Paulo Ferreira | Sexta-feira, 18 Setembro , 2009, 17:50

O único partido com um programa de governo com cabeça, tronco e membros, com propostas concretas e definidas, com ideias claras e explicitas para todas as áreas de governação é o PS.Curiosamente, ou não, o único partido politico que ataca frontalmente a demagogia do Bloco de Esquerda, que denúncia a inexequibilidade de muitas das propostas deste partido, que realça e destaca os perigos que muitas das propostas defendidas por Francisco Louçã representam para os portugueses e para o futuro do País, que combate sem tréguas o discurso populista e irresponsável do Bloco de Esquerda...é também o Partido Socialista.

Tendo isto em conta é claramente um sinal de grande desorientação e enorme desespero o PSD vir tentar confundir e assustar os eleitores com um possível Governo de coligação PS - BE.

 

Os actuais dirigentes do PSD fingem esquecer-se que o Bloco de Esquerda pode ser tão populista como o CDS mas as suas propostas são muito mais irresponsáveis.O Bloco de Esquerda pode ser tão demagógico como o CDS mas, ao contrário deste, não existe apenas para servir de muleta. O Bloco de Esquerda pode ser tão oportunista como o CDS mas, ao contrário deste, para sobreviver tem de fugir da partilha ou do exercício do poder.

 

São tiros de pólvora seca instigados pelo pânico de quem vê a VERDADE ser trazida a lume, quer a sua VERDADE eleitoral interna, quer  a VERDADE das suas maquinações grotescas e ignóbeis na Comunicação Social recentemente expostas a nu para grande vergonha do Partido Social Democrata, dos seus fundadores e da sua história!

 

Para todos os que não tiveram oportunidade de ver deixo aqui o Frente a Frente Sócrates - Louçã, para que não reste qualquer sombra de dúvida...

em estéreo aqui


Por Paulo Ferreira | Domingo, 13 Setembro , 2009, 02:03

La líder de la oposición ha señalado que no le gusta "que los españoles se metan en la política portuguesa" y ha justificado el interés de España por que el tren de alta velocidad llegue a Portugal a que, de ser así, recibirá más fondos de la Unión Europea. Sócrates, defiende en cambio las "inversiones en las redes de alta velocidad" para ayudar a superar la crisis y ha criticado que la candidata de la oposición esté dispuesta a faltar a su palabra con España y echarse atrás en un proyecto que respaldó cuando era ministra en 2003. - El País

 

"No me gustan los españoles metidos en la política portuguesa, estoy defendiendo los intereses de Portugal, que no es una provincia de España", enfatizó Manuela Ferreira Leite, exaltada, en el debate. Sócrates aprovechó el frente a frente televisivo para interrogar a su principal rival sobre la cuestión del tren de alta velocidad, uno de los temas que más polémica está causando durante esta precampaña electoral.

José Sócrates recordó a Ferreira Leite que cuando era ministra de Finanzas en el gobierno conservador de José Manuel Durao Barroso participó en la cumbre ibérica de Figueira da Foz, el 8 de noviembre de 2003, en la que se firmó el acuerdo en el que su Ejecutivo se comprometía a construir cuatro líneas de alta velocidad. Además, el candidato socialista argumentó que, posteriormente, Ferreira Leite participó en un Consejo de Ministros del que salió una resolución en la que se afirmaba que "el proyecto de inversión del AVE es estructural, contribuye al crecimiento del PIB, induce a la creación de empleo y es un factor decisivo para Portugal". El Mundo 

 

Uma verdadeira postura de Estado que demonstra a capacidade, demonstra o conhecimento de politica interna bem como externa e  revela a consciência da realidade ibérica dentro da UE...a de José Sócrates,obviamente!

A da outra senhora é mesmo a de voltar costas ao Mundo em geral e a Espanha em particular, orgulhosamente sós!Assim não há glória antiga que lhe valha!

 

em estéreo aqui


Por João Paulo Pedrosa | Segunda-feira, 31 Agosto , 2009, 16:06

1 – O investimento em equipamentos sociais que enquanto Manuela Ferreira Leite foi membro do governo diminuiu de 61 M€ para 19 M€;

2 – O investimento em equipamentos sociais enquanto José Sócrates é primeiro-ministro aumentou de 19 M€ para 212 M€;

3 – Construção de 411 creches que representam mais 18 414 lugares para crianças dos zero aos 3 anos de idade;

4 – Abono pré-natal para grávidas e aumento exponencial desta prestação aos que mais necessitam;

5 – Aumento do tempo da licença de maternidade e paternidade;

6 – Complemento de reforma (Solidário) para Idosos;

7 – Construção de 189 centros de dia para convívio de idosos;

8 – Construção de 191 lares para institucionalização de idosos;

9 – Criação de 176 serviços de apoio domiciliário;

10 – Criação de 18 653 lugares para idosos em instituições;

11 – Construção de 93 centros de apoio a cidadãos com deficiência;

12 – Criação de 1 430 lugares para institucionalização de cidadãos com deficiência;

13 – Criação do projecto escola a tempo inteiro no 1º CEB com Inglês, educação musical;

14 – Alargamento da acção social escolar no 1º, 2º e 3º Ciclo do Ensino Básico indexada ao abono de família;

15 – Serviço generalizado de refeições escolares no pré-escolar e 1º CEB;

16 – Implementação de aulas de substituição para ocupar os alunos durante as faltas dos professores;

17 – Criação de um plano individual de apoio à matemática para alunos com insuficiências de aprendizagem;

18 – Criação de equipas técnicas especializadas para as comissões municipais de protecção de crianças e jovens em risco (CPCJ);

19 – A criação destas respostas sociais resultou num volume de investimento total de 424 M€, com a criação de milhares de postos de trabalho;

20 – José Sócrates não considera que o casamento e a constituição de família é apenas para a procriação;


Por Bruno Reis | Terça-feira, 28 Julho , 2009, 12:04

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

O Rodrigo Adão da Fonseca em dose dupla e ainda dizendo mais o Paulo Marcelo resolveram responder ao que apelidam de deslumbramento tecnológico do PS.

 

Vale a pena responder a estes postes pelo que têm de revelador relativamente às alternativas de governo com que nos deparamos.

 

Paulo Marcelo oferece-nos esta pérola de política verdadeira: Como explicou o Rodrigo Adão da Fonseca, os erros socialistas neste campo são os habituais. Por um lado, pensar que deve ser o Estado, e não as empresas em livre concorrência, a comandar todo o investimento em novas tecnologias. Ou a literacia anda fraca por esses lados, ou isto é uma mentira das grossas. Alguém no SIMplex ou no programa do PS defendeu que o Estado deve “comandar todo o investimento em novas tecnologias”? Quanto a política de verdade e propaganda estamos conversados.

 


Protocolos
comentários recentes
Ainda bem que procurei por ti na internet em geral...
A discussão sobre pagar a saúde de acordo com os r...
Espero que o José Sócrates faça um bom trabalho..
Boa tarde, gostava da vossa opinião.hoje dirigi-me...
EsclarecimentoA notícia é apenas sobre uma propost...
Venho por este meio relatar-vos uma situação que c...
Sou nova nestas andanças, da net (não em anos-57) ...
Obrigada pelos textos que nos deram a ler, a refle...
Estou de acordo com a ideia lançado por vocês impo...
Simplex , simplesmente. convido-os a visitarem o m...
já agora gostaria que observem uma iniciativa empr...
Estava a gostar deste blog...
Uma escrita muito pobre, na generalidade dos casos...
Estou numa dúvida: a oposição não foi eleita para ...
arquivos
pesquisar neste blog
 

As imagens criadas pelo autor João Coisas apenas poderão ser utilizadas em blogues sem objectivo comercial, e desde que citada a respectiva origem.