Por João Galamba | Quinta-feira, 03 Setembro , 2009, 10:50

Quando falava do Rendimento Social de Inserção, Paulo Portas indignou-se com a altíssima taxa de fraude: 25%. A ser verdade — não sei se é —, parece elevada. Em resposta a isto, pensava eu, duas opções: Portas propõe o fim do RSI; Portas avança com propostas de combate à fraude. Enganei-me. Portas prefere brincar com os números, aposta na estupidez do eleitorado, e avança com um dos seus truques demagógicos: como a fraude é 25%, a solução passa por tirar 25% do RSI para aumentar as pensões de reforma. Óbvio? Não. Eu sei que as % são as mesmas, mas, tirando isso, alguém me consegue explicar qual é a relação entre o problema (a fraude) e a solução proposta (aumentar pensões)? Se o problema é a fraude, em que medida é que tirar 25% dos fundos de um programa — que, recordemos, inclui 75% de não fraude — contribui para resolver o problema identificado pelo próprio Portas? Em nada, claro. A não ser que Portas tenha em mente algo do género: vou punir todos esperando que os que cumprem passem a denunciar e a pôr na ordem os aldrabões, o que, a prazo, iria contribuir para solucionar o problema. Será que Portas se aconselhou com especialistas em Economia do Risco e da Informação e avançou para o signalling, naquilo que constituiria um marco de sofisticação económica pioneiro em Portugal. Não. É apenas Portas a ser o Portas.


Protocolos
posts recentes
comentários recentes
Ainda bem que procurei por ti na internet em geral...
A discussão sobre pagar a saúde de acordo com os r...
Espero que o José Sócrates faça um bom trabalho..
Boa tarde, gostava da vossa opinião.hoje dirigi-me...
EsclarecimentoA notícia é apenas sobre uma propost...
Venho por este meio relatar-vos uma situação que c...
Sou nova nestas andanças, da net (não em anos-57) ...
Obrigada pelos textos que nos deram a ler, a refle...
Estou de acordo com a ideia lançado por vocês impo...
Simplex , simplesmente. convido-os a visitarem o m...
já agora gostaria que observem uma iniciativa empr...
Estava a gostar deste blog...
Uma escrita muito pobre, na generalidade dos casos...
Estou numa dúvida: a oposição não foi eleita para ...
arquivos
pesquisar neste blog
 

As imagens criadas pelo autor João Coisas apenas poderão ser utilizadas em blogues sem objectivo comercial, e desde que citada a respectiva origem.