Por Rogério Costa Pereira | Sábado, 08 Agosto , 2009, 19:42

De acordo com este gráfico do IFSC, reproduzido pela simpática Maria João Marques, uma acção cível, passou - em média - a demorar, em 2006, mais 4 meses a atingir o seu ponto de resolução do que em 2004. O descalabro, imagino, começou assim que Santana Lopes foi posto na rua. É isto que o Jamais tem a dizer sobre Justiça, ao nível, de resto, de quase tudo o que dali vem.

 

Começo, aliás, a desconfiar, tamanha a qualidade dos textos e reflexões ali apostas, que o aviso pregado ao lado do cabeçalho, é mais que falta de jeito e é mesmo para ser levado a sério, ou seja, que o principal objectivo daquele blogue é evitar que eles regressem : "Jamais - Advérbio. Nunca mais, outra vez não, epá eles querem voltar".

 

Efectivamente, só pode querer voltar quem já foi embora. Epá.


Joaquim Amado Lopes a 8 de Agosto de 2009 às 22:00
Com a "qualidade" patente na maior parte dos posts aqui publicados, o Rogério devia ter mais cuidado com o que aponta aos outros.
Aqui, nem sequer deixam de aproveitar a morte de um Senhor (com "S" grande") para fazerem um post nojento. Com a agravente de o autor desse post começar por pretender que não vê o que é por demais evidente e acabar a censurar os comentários.

Haverá no Simplex autores sinceros, que pretendem informar e debater com seriedade e merecem todo o respeito. Mas muitos dos posts parecem ter sido escritos por miúdos sem um pingo de respeito ou seriedade, capazes das atitudes mais asquerosas e sem a hombridade para assumirem os seus erros.

Se o Rogério pertence ao primeiro grupo, devia mesmo assim abster-se de escrever posts como este. É que, ao escrevê-los, confunde-se com o segundo grupo.

Só me resta esperar para ver se também este comentário é censurado.

Rogério Costa Pereira a 8 de Agosto de 2009 às 22:14
Fica a publicação do comentário nojento.

Luis Novaes Tito a 8 de Agosto de 2009 às 22:35
Realmente este comentário é nojento. Representa bem a cabeça de quem já noutro Post quis transformar uma homenagem em nojo.

Nem tudo é possível em política e este tal Joaquim Amado Lopes deveria fazer uma cura de sono para ver se os neurónios passam a funcionar melhor.

Mesmo depois do que escrevi nos comentários do meu Post este senhor insiste em querer passar uma intenção que só resulta da sua própria percepção dos outros, porque certamente vê nos outros aquilo que ele próprio é.

Protocolos
comentários recentes
Ainda bem que procurei por ti na internet em geral...
A discussão sobre pagar a saúde de acordo com os r...
Espero que o José Sócrates faça um bom trabalho..
Boa tarde, gostava da vossa opinião.hoje dirigi-me...
EsclarecimentoA notícia é apenas sobre uma propost...
Venho por este meio relatar-vos uma situação que c...
Sou nova nestas andanças, da net (não em anos-57) ...
Obrigada pelos textos que nos deram a ler, a refle...
Estou de acordo com a ideia lançado por vocês impo...
Simplex , simplesmente. convido-os a visitarem o m...
já agora gostaria que observem uma iniciativa empr...
Estava a gostar deste blog...
Uma escrita muito pobre, na generalidade dos casos...
Estou numa dúvida: a oposição não foi eleita para ...
Posts mais comentados
88 comentários
50 comentários
44 comentários
43 comentários
38 comentários
36 comentários
27 comentários
25 comentários
arquivos
pesquisar neste blog
 

As imagens criadas pelo autor João Coisas apenas poderão ser utilizadas em blogues sem objectivo comercial, e desde que citada a respectiva origem.