Por Paulo Ferreira | Sábado, 08 Agosto , 2009, 17:15

O PCP é como um relógio avariado, apenas pode estar certo duas vezes por dia.É o que chega para este partido ancilosado que perdeu demasiadas vezes o comboio, da história e da realidade!

Perdida a 25 de Novembro de 1975 a ilusão que norteava o partido, apenas restava assegurar a sobrevivência e a subsistência, sempre como um obstáculo a qualquer solução, sempre a sabotar qualquer movimento demasiado convergente na esquerda, sem qualquer sentido de honra ou ética, sempre a tentar destruir qualquer tentativa de salto qualitativo no país, quanto pior melhor, é o lema.

 

Quando chega a altura do dia em que a hora se aproxima dos ponteiros do PCP, os seus dirigentes marcam conferências de imprensa, dão entrevistas, convocam manifestações e greves (com predilecção pelas empresas de transportes públicos), através dos seus tentáculos coordenam e mobilizam, equipam com tarjas, faixas e t'shirts e transportam em autocarros alugados ou "amigos" grande número de pessoas para todas festejarem esse evento cósmico singular em que o PCP "acerta na hora".Gritam horas a fio celebrando a hora em que o partido acertou na hora! Mal se apercebem que essa tal hora passou num minuto!

 

Perdida que foi a batalha pelo poder totalitário no país, perdida que foi a batalha pela alma dos portugueses, derrotada copiosamente a ideologia, resta cavar trincheiras e usar empresas, trabalhadores e o aparelho do Estado, ora como armas, ora como munições.

 

"Se pensas que pensas, pensas mal, quem pensa por ti é o Comité Central"

 

É isto uma alternativa de esquerda? Jamais!

tags: ,

Valupi a 8 de Agosto de 2009 às 18:41
Exactamente, Paulo.

Carlos Vidal a 8 de Agosto de 2009 às 21:46
Então, ninguém comenta isto?

PortelaMenos 1 a 8 de Agosto de 2009 às 22:18
Vidal...isto é para comentar?!

eu diria ... se pensas que pensas, pensas mal, quem pensa por ti é o Sócratesl


Paulo Ferreira a 9 de Agosto de 2009 às 00:38
Deve ser um problema de reflexos no espelho Portela, penso eu...

Cumprimentos

josé Vladimiro a 8 de Agosto de 2009 às 23:16
Paulo,

Sei que queria ser o coveiro do PCP, mas o problema é que as sondagens falam em 10%...pois é...

Paulo Ferreira a 9 de Agosto de 2009 às 00:44
Por esse prisma o BE, o tal dos dissidentes PCP mais trotskistas e outras tribos, tem projecções de 13 ou 14 %....
Não julgo que alguém queira ser o coveiro de qualquer partido, excepto o BE e o PCP em relação ao PS, mas isso é história antiga, no caso do PCP, e necessidade de marketing, no caso do BE.
Eu gosto de muitas pessoas que estão no PCP, ninguém é perfeito, não é?
Tenho excelente impressão do trabalho na CML do Ruben de Carvalho, tenho excelentes recordações de projectos desenvolvidos por malta PCP nos tempos de João Soares na CML,gostei do Vasco Cardoso dos tempos em que pude vê-lo como um trabalhador e empenhado dirigente estudantil, julgo que agora está n CC.Gostei também muito das reuniões de trabalho que tive com o deputado Bruno Dias, sempre respeitei a postura e o trabalho desenvolvido pelo deputado Miguel Tiago, que conheci nos tempos de faculdade, o problema não é a qualidade dos recursos humanos, é mesmo a cartilha e os métodos....

Cumprimentos

Paulo Ferreira a 9 de Agosto de 2009 às 01:02
Vlad, esqueci-me de acrescentar, e o Carvalho da Silva para SGeral do PCP, não era uma hipotese interessante?Ou é demasiado dado a convergências, conversas com bloquistas e refeições com Alegristas?
Posso discordar dele com alguma regularidade mas tenho sincero respeito pelo militante do PCP Carvalho da Silva, acho que dentro do nosso "sistema sindical" e no quadro das "directrizes do PCP" para a central sindical (que não é única porque alguém o impediu), desenvolve um bom trabalho....mas falta-lhe o ar aquilosado, as ideias já fossilizadas,a lenga-lenga gasta e retrógrada sem qualquer capacidade de compromisso,parece que evoluiu demais para o PCP...é pena.

josé Vladimiro a 9 de Agosto de 2009 às 11:47
Paulo,

O PC é um partido fundador da democracia portuguesa, e é genuinamente português!

Estamos de acordo o Carvalho da Silva tem uma dimensão incomparável ( não é João Proença...), e CGTP é uma força social, como se viu nos últimos tempos, face a ofensiva socrática!

Também tenho amigos socialistas, e são bons cidadãos, o problema é o sistema chamado partido socialistas, uma espécie de "máfia" tuga, infiltrada no aparelho de estado, num promiscuidade com o poder económico, etc.

É o cancro do sistema, como o Paulo bem sabe!

A luta continua!

bo a 9 de Agosto de 2009 às 00:12
pensar que as pessoas que protestam nas ruas por causa das condições de trabalho, do desemprego, das suas angústias diárias ,são manobradas pelo pcp ou outros partidos políticos nos tempos que correm, é desonesto, injusto e de uma miopia sociall e política atroz.

Paulo Ferreira a 9 de Agosto de 2009 às 00:54
Por favor, eu não confundo a (muitas vezes) justa e o "sagrado" direito de em liberdade reclamar e protestar com a manipulação dessa vontade, desse direito ou até dessa necessidade por parte das estruturas ligadas ao PCP.Lamento mas não posso permitir que tape o sol com a peneira.Assisti e participei de muitas acções em que pude ver, até aprender, como se "tratam destes assuntos no PCP"...por favor não vire o tabuleiro, é intelectualmente desonesto.
Se agora o PSD lhe agrada essa manipulação, se até o CDS com ela se regozija, se em tempos o PS beneficiou com a mesma "organização", não tenho que a aprovar nem subscrever.Discordo da montagem que se faz, da encenação que se monta e da manipulação em que se usam as reais preocupações dos trabalhadores para outros fins....útil e proveitoso era que se pensasse mesmo nos trabalhadores e nos seus postos de trabalho ou nas empresas, como a AutoEuropa, mas outros valores falam mais alto....
São opções e métodos dos quais discordo frontalmente, julgo ser um direito que AINDA me assiste....por favor não me "venda" uma cantiga de pureza e inocência do PCP nestas "manobras", a sério!

Cumprimentos

MEL a 9 de Agosto de 2009 às 01:35
Só tenho a acrescentar o seguinte:
E quem decide em algum momento abandonar o PCP mas continuar a vida Politica noutro partido e se pensa que isso é fácil está muito enganado ...Pois o PCP jamais aceitará que um ex. Militante ingresse noutro partido ..
E mais não escrevo ..
Um dia ficarão a falar sozinhos no quintal deles..lamento sinceramente..

josé Vladimiro a 9 de Agosto de 2009 às 11:50
Coitadinho,


Os comunistas comem crianças ao pequeno-almoço, não é !

São uns mauzões!

Não dão descanso ao Vital e à Zita Seabra!

PortelaMenos1 a 9 de Agosto de 2009 às 19:40
eu acho uma piada a estes simpelex's boys!
ai e tal, eu até tenho amigos do PC, são uns gajos normais e tal! há uns mais pulidos do que outros, que até frequentam os mesmos locais que o pessoal civilizado mas...a ideologia, a cartilha, o programa, o 25 novembro, o prec, cuba, urss, a pqvp!
cínicos...e perigosos!

Protocolos
comentários recentes
Ainda bem que procurei por ti na internet em geral...
A discussão sobre pagar a saúde de acordo com os r...
Espero que o José Sócrates faça um bom trabalho..
Boa tarde, gostava da vossa opinião.hoje dirigi-me...
EsclarecimentoA notícia é apenas sobre uma propost...
Venho por este meio relatar-vos uma situação que c...
Sou nova nestas andanças, da net (não em anos-57) ...
Obrigada pelos textos que nos deram a ler, a refle...
Estou de acordo com a ideia lançado por vocês impo...
Simplex , simplesmente. convido-os a visitarem o m...
já agora gostaria que observem uma iniciativa empr...
Estava a gostar deste blog...
Uma escrita muito pobre, na generalidade dos casos...
Estou numa dúvida: a oposição não foi eleita para ...
Posts mais comentados
88 comentários
50 comentários
44 comentários
43 comentários
38 comentários
36 comentários
27 comentários
25 comentários
arquivos
pesquisar neste blog
 

As imagens criadas pelo autor João Coisas apenas poderão ser utilizadas em blogues sem objectivo comercial, e desde que citada a respectiva origem.