Por Eduardo Pitta | Sexta-feira, 07 Agosto , 2009, 13:52

É sempre bom lembrar certas coisas. O aparecimento do PRD, por exemplo. O Partido Renovador Democrático foi patrocinado pelo general Eanes, então Presidente da República, para "dar cabo" de Mário Soares. Não era propriamente o PS. Era Soares. A desforra pela revisão constitucional de 1982, que acabou com o Conselho da Revolução, criou o Tribunal Constitucional e, objectivamente, retirou poderes ao Chefe de Estado. Foi esse o móbil do PRD.

 

Nas eleições legislativas de 6 de Outubro de 1985, as primeiras a que o PRD concorreu, o resultado foi o seguinte: PPD-PSD 29,79% / PS 20,82% / PRD 18,04% / APU 15,55% / CDS 9,74%. Cavaco Silva formou o seu primeiro governo, que caiu por via de uma moção de censura do PRD. Nas eleições subsequentes, a 19 de Julho de 1987, o PPD-PSD obteve 50,1% (segundo governo Cavaco, o 1.º de maioria absoluta), ficando o PRD reduzido a 4,9%. De 45 deputados na AR, passou para 7. Em 22 meses, a mística renovadora volatilizou-se.

 

O que se passa actualmente com o Bloco de Esquerda não é muito diferente. Enquanto andou no patamar dos 4-6%, podia dizer-se que era o efeito glamour de um partido novo, que de novo nada tinha, por resultar da coligação do PSR (Louçã) com dissidentes do PCP (Miguel Portas), da UDP (Fazenda) e outros partidos da extrema-esquerda. A rapaziada não tem memória e vai na onda. Agora a coisa fia mais fio, porque se os institutos de sondagens estiverem a passar números fiáveis, o BE obterá em Setembro qualquer coisa entre 12-14% de votos.

 

São as jovens elites urbanas descontentes com o PS? Creio que não. As jovens elites urbanas têm interesses a defender (emprego estável, padrão de vida well-off, etc.) e não podem arriscar um novo PREC.

 

Quem está a inchar o BE são aqueles que o actual governo beliscou. Gente da extrema-direita à extrema-esquerda. (Conheço muito PSD que vai votar BE com o único intuito de afastar Sócrates.) Agora que, na óptica da direita, o trabalho sujo foi feito, embora a meio-gás, porque Sócrates fez o que eles sempre quiseram fazer sem o terem sequer tentado, é muito aliciante para o PSD voltar a São Bento. Há um pequeno pormenor. Se a soma do PSD com o CDS não resultar, como é previsível, num mínimo de 116 deputados, um hipotético governo MFL cai logo na apresentação do programa.

 

Pensar bem antes de andar a brincar aos votos de desagravo.

tags:

Protocolos
comentários recentes
Ainda bem que procurei por ti na internet em geral...
A discussão sobre pagar a saúde de acordo com os r...
Espero que o José Sócrates faça um bom trabalho..
Boa tarde, gostava da vossa opinião.hoje dirigi-me...
EsclarecimentoA notícia é apenas sobre uma propost...
Venho por este meio relatar-vos uma situação que c...
Sou nova nestas andanças, da net (não em anos-57) ...
Obrigada pelos textos que nos deram a ler, a refle...
Estou de acordo com a ideia lançado por vocês impo...
Simplex , simplesmente. convido-os a visitarem o m...
já agora gostaria que observem uma iniciativa empr...
Estava a gostar deste blog...
Uma escrita muito pobre, na generalidade dos casos...
Estou numa dúvida: a oposição não foi eleita para ...
Posts mais comentados
88 comentários
50 comentários
44 comentários
43 comentários
38 comentários
36 comentários
27 comentários
25 comentários
arquivos
pesquisar neste blog
 

As imagens criadas pelo autor João Coisas apenas poderão ser utilizadas em blogues sem objectivo comercial, e desde que citada a respectiva origem.