Por João Pinto e Castro | Terça-feira, 04 Agosto , 2009, 01:02

É muito provável que, nas próximas eleições, os partidos da esquerda obtenham, em conjunto, uma votação bem acima dos 60%.

Porém, sendo também possível que o PS não consiga a maioria absoluta, não é óbvio que a esquerda possa tirar vantagem de uma maioria tão dilatada.

Já se sabia que não se pode contar com os comunistas para formar governo. Ficámos recentemente a saber que, enquanto Louçã mandar, tampouco o Bloco estará disponível para coligações ou negociações, tentações do demo que não têm cabimento  no seu vocabulário.

De modo que há quem se entusiasme com a eventualidade de um governo de bloco central patrocinado pelo Presidente da República.

Imaginemos, porém, que, mesmo sem maioria absoluta, o PS se abalança a formar um governo com um programa susceptível de concitar um vasto apoio entre independentes de esquerda.

Como poderá Louçã justificar a oposição sistemática do Bloco a um tal executivo? Como conseguirá manter unido o seu grupo parlamentar durante quatro anos? Como evitará a deserção de apoiantes cansados de uma actividade política sem sentido útil visível para além da exibição mediática dos dirigentes do BE?

A novela Joana Amaral Dias, concebida, escrita e representada por Francisco Louçã, é um sinal antecipado do seu receio de fuga de muita gente insatisfeita com o beco sem saída de uma política orientada pelo rancor e pelo ressentimento.

O Bloco vai ter que portar-se como gente crescida, exigência tanto mais evidente quanto maior for a sua votação. Não há futuro para os meninos da Terra do Nunca.

Ou viabiliza uma solução governativa de esquerda, ou viabiliza uma solução governativa de direita. Game over.


João Paulo Pedrosa a 4 de Agosto de 2009 às 01:30
meu caro João, eu acho que aí eles têm sido muito claros, apoiam a direita. Não foi o que fizeram estes quatro anos?

Anónimo a 4 de Agosto de 2009 às 01:35
(...) formar um governo com um programa susceptível de concitar um vasto apoio entre independentes de esquerda (...)

que programa? o dos últimos 4 anos?
vasto apoio de independentes,? pode ser; de esquerda? tenho dúvidas.

fica, no entanto, uma pergunta: como é que um partido que até já tratou o BE como parasita - com toda a falta de respeito pelos seuas eleitores - vai acolher o apoio destes ...parasitas?

já se percebeu que a vossa luta agora, perdida que foi a barragem ao crescimento do BE, é tentar isolar Louçã.
parece que não aprenderam nada com o episódio JAD.

não culpem a oposição de esquerda - PCP/BE - pelo desencanto do povo.
procurem dentro do PS, começando no grande lider, as razões para as vossas angustias.
se perderem as eleições, a maioria absoluta nem se fala, a culpa é só vossa.
habituem-se!

Mário Cruz a 4 de Agosto de 2009 às 03:30
Também não entendo como é que o Bloco não percebe que, para ser de esquerda, deve desaparecer e deixar o PS fazer o que lhe apetece...

Vera Santana a 4 de Agosto de 2009 às 10:25
Ah!

helena isabel a 4 de Agosto de 2009 às 03:31
há futuro para os meninos da "terra do nunca". "NUNCA" em todos os pontos que o governo ps falhou (ficava aqui o resto da noite a enumerá-los). os meninos da "terra do nunca" sobem em flecha nas sondagens e esse é o grande problema dos senhores que só souberam governar este país em prol dos grandes interesses económicos.

sim, o ps já percebeu que está prestes a cair da cadeira. no entanto, o ps que ficar na cadeira, quer continuar a sacrificar a base da pirâmide. a tábua de salvação do ps é atacar a oposição mais forte que, sim, representa esperança para o país.

um dia destes ficam sem a tábua.

e afogam-se.

ana a 4 de Agosto de 2009 às 10:02
"sim, o ps já percebeu que está prestes a cair da cadeira. no entanto, o ps que ficar na cadeira, quer continuar a sacrificar a base da pirâmide. a tábua de salvação do ps é atacar a oposição mais forte que, sim, representa esperança para o país."

É uma oposição tão forte, que a direita não precisa de fazer quase nada. E não vejo qual a esperança que representa, uma vez que nestes 4 anos o be esteve sempre contra tudo o que pudesse representar algum avanço e melhor justiça (equiparação func. públicos/privados, avaliação de professores, reformas na saúde e na justiça, etc.). Aparecia sempre com uma alternativa demagógica e impraticável, sabendo que jamais será governo. Não merece confiança.

Vera Santana a 4 de Agosto de 2009 às 10:36
Completamente de acordo com o post, Joõ Pinto e Castro!

O BE não quer ter " Les Mains Sales", logo não ousa qualquer "engagement" no terreno.

Refugia-se, afagando o urso de peluche que o remete para a infância fôfa do "NÃO!". O "Teddy Bear" foi oferta do Trostky.

Nota
Peço desculpa pelos estrangeirismos. Leiam-nos como uma ilustração leve de internacionalismo. . .

Salut!

Vera

Augusto a 4 de Agosto de 2009 às 15:45
E eu que pensava que a novela Joana Amaral Dias tinha um protagonista , Paulo Campos, e uma serie de actores secundarios, que só tinham uma palavra a dizer do texto, È MENTIRA....

pedro a 10 de Agosto de 2009 às 11:20
é curiosa a forma dicotómica como o ps encara o be ..

as vezes é mal amado as vezes é bem querido...

como disse a um jornal joao paulo pedrosa, para o ps votar be é desperdiçar um voto, mas depois são publicos os namorinhos a pessoas do be para integrarem as listas do ps e afirmações como voces são importantes para fazer a diferença"...
[Error: Irreparable invalid markup ('<br [...] <a>') in entry. Owner must fix manually. Raw contents below.]

é curiosa a forma dicotómica como o ps encara o be .. <BR><BR>as vezes é mal amado as vezes é bem querido... <BR><BR>como disse a um jornal joao paulo pedrosa, para o ps votar be é desperdiçar um voto, mas depois são publicos os namorinhos a pessoas do be para integrarem as listas do ps e afirmações como voces são importantes para fazer a diferença"... <BR><BR class=incorrect name="incorrect" <a>va</A> la pessoal ... tenhma um pouco de coluna vertebral.. <BR><BR><BR>sei que o be a tem <BR><BR><BR>força be

Protocolos
comentários recentes
Ainda bem que procurei por ti na internet em geral...
A discussão sobre pagar a saúde de acordo com os r...
Espero que o José Sócrates faça um bom trabalho..
Boa tarde, gostava da vossa opinião.hoje dirigi-me...
EsclarecimentoA notícia é apenas sobre uma propost...
Venho por este meio relatar-vos uma situação que c...
Sou nova nestas andanças, da net (não em anos-57) ...
Obrigada pelos textos que nos deram a ler, a refle...
Estou de acordo com a ideia lançado por vocês impo...
Simplex , simplesmente. convido-os a visitarem o m...
já agora gostaria que observem uma iniciativa empr...
Estava a gostar deste blog...
Uma escrita muito pobre, na generalidade dos casos...
Estou numa dúvida: a oposição não foi eleita para ...
Posts mais comentados
88 comentários
50 comentários
44 comentários
43 comentários
38 comentários
36 comentários
27 comentários
25 comentários
arquivos
pesquisar neste blog
 

As imagens criadas pelo autor João Coisas apenas poderão ser utilizadas em blogues sem objectivo comercial, e desde que citada a respectiva origem.