Por José Reis Santos | Quinta-feira, 30 Julho , 2009, 17:28

A gestão do Estado não é fácil. Muito pelo contrário. É, cada vez mais, um processo complexo e muito dependente de factores não controláveis por quem exerce o poder. Não só muitos dos tradicionais instrumentos de gestão são hoje extra-nacionais, como a capacidade de recrutamento eficaz e eficiente deixa a desejar. As razões são diversas (económicas, políticas, culturais), e não serão aqui tratadas.

Mesmo assim, com estas condicionantes, há que ter ou desenvolver um culto de exigência na selecção de responsáveis para a ocupação de lugares no Estado. Da mesma forma, quem é seleccionado para a nobre função de servir o Estado, o País e o seu Povo, tem de estar à altura das suas responsabilidades. Tudo isto a propósito das ultimas declarações do Presidente do Instituto Português do Sangue. São inadmissíveis em qualquer cidadão informado e intoleráveis em quem ocupa o lugar que ocupa.

Recentemente tive a oportunidade de perguntar directamente ao José Sócrates a sua leitura das recentes intervenções de Gabriel Olim, que me respondeu, na célebre BlogConf, que as ia averiguar. Eu questiono: o que é mais preciso averiguar para demitir esse senhor? Estas recentes pérolas?

Como se entende, subscrevo na íntegra os recentes textos do Miguel e do João (aqui e aqui). Que se demita quem não a capacidade e a construção cultural e cívica de estar na gerência de organismos do Estado, de instituições públicas com as imputações das do Instituto Português do Sangue. Naturalmente o governo tem de tomar posição neste assunto. Só não entendo porque não foi esse senhor escrutinado antes de ter ido nomeado.


João Pataca a 30 de Julho de 2009 às 18:13
E que tipo de escrutínio entende o amigo que deva ser feito? Uma espécie de check list do politicamente correcto? Que evidência pré-clara é essa ó amigo. E já agora, o que é que o amigo faz na vida? Seria interessante saber essa cois do escrutínio... É que não basta escrever umas coisas coladas a cuspe do que vem na imprensa...

José Reis Santos a 30 de Julho de 2009 às 18:38
Desculpe? O texto procurava apresentar uma (curta) reflexão teorica sobre o recrutamento de titulares para cargos publicos, e sobre a cultura de responsabilização que tem de ser incentivada.
O que é que o meu CV tem a ver com isso?
E, como sabe, o escrutinio é simultaneamente politico, profissional e mediatico. Essas sao as regras da politica actual (ja para nao falar da avaliaçao pessoal, mas essa é ainda ontra conversa).
Nem respondo à questao do cola e cuspe.

João Pataca a 30 de Julho de 2009 às 18:55
Desculpe? "O texto procurava apresentar uma (curta) reflexão teórica sobre o recrutamento de titulares para cargos públicos , e sobre a cultura de responsabilização que tem de ser incentivada". Livra! Que moço tão cheio de si mesmo. Então o Zé procurava fazer a súmula de uma hipotética teoria geral do recrutamento na Administração Pública, ena ena. Gabo-lhe o intento mas aviso: isso, meu caro, é demência de rasgar dinheiro. Deixe dar-lhe uma sugestão: fale assim de coisas que sabe, por exemplo, viver a conta de um partido e coiso e tal, escrever para aí umas postas na net ... e não se amofine tanto com coisinhas, que, manifestamente, não "pesca" nadica de nada. Vale? Não faz mal.

José Reis Santos a 30 de Julho de 2009 às 21:20
Caro João, desculpe se nao atingi os seus standards. Tentamos ser claros, mas por vezes não somos totalmente atingiveis ou perceptiveis. Coisas da vida.
Sobre a sua insinuação de viver à conta de um partido, só lhe posso sugerir mandar-me algumas moradas, para eu saber a quem enviar umas facturas.
Bem haja.

Protocolos
comentários recentes
Ainda bem que procurei por ti na internet em geral...
A discussão sobre pagar a saúde de acordo com os r...
Espero que o José Sócrates faça um bom trabalho..
Boa tarde, gostava da vossa opinião.hoje dirigi-me...
EsclarecimentoA notícia é apenas sobre uma propost...
Venho por este meio relatar-vos uma situação que c...
Sou nova nestas andanças, da net (não em anos-57) ...
Obrigada pelos textos que nos deram a ler, a refle...
Estou de acordo com a ideia lançado por vocês impo...
Simplex , simplesmente. convido-os a visitarem o m...
já agora gostaria que observem uma iniciativa empr...
Estava a gostar deste blog...
Uma escrita muito pobre, na generalidade dos casos...
Estou numa dúvida: a oposição não foi eleita para ...
Posts mais comentados
88 comentários
50 comentários
44 comentários
43 comentários
38 comentários
36 comentários
27 comentários
25 comentários
arquivos
pesquisar neste blog
 

As imagens criadas pelo autor João Coisas apenas poderão ser utilizadas em blogues sem objectivo comercial, e desde que citada a respectiva origem.