Por João Paulo Pedrosa | Terça-feira, 28 Julho , 2009, 17:48

Há quatro anos atrás, uma família com filhos a frequentar a escola pública, despendia uma parte significativa do seu rendimento a pagar explicações e complementos de horários escolares, dada  a inultrapassável incompatibilidade destes com o dos pais. Hoje, a escola pública oferece a todos os que a frequentam planos específicos para o ensino da matemática e da língua portuguesa, aprendizagem de mais línguas estrangeiras e uma diversidade de expressões artísticas e musicais, para além de horários escolares compatíveis com a vida profissional das famílias.

O BE, tal como toda a direita, foi contra esta decisiva reforma da escola pública.

Entre a necessidade de reformar a benefício das famílias e a manutenção de um sistema injusto, ineficaz e caro, não hesitaram na sua escolha.

Há, agora, à esquerda do PS, alguém que pense que se pode voltar para trás?

Não creio! O caminho a seguir é dar mais tranquilidade à escola, valorizar as aprendizagens e apostar numa gestão profissional.

 

tags: ,

João Paulo Pedrosa a 29 de Julho de 2009 às 14:48
cara MEL registo que tudo de bom que aponta foram medidas de governos socialistas, no entanto aquilo que eu referi é mesmo assim

Protocolos
comentários recentes
Ainda bem que procurei por ti na internet em geral...
A discussão sobre pagar a saúde de acordo com os r...
Espero que o José Sócrates faça um bom trabalho..
Boa tarde, gostava da vossa opinião.hoje dirigi-me...
EsclarecimentoA notícia é apenas sobre uma propost...
Venho por este meio relatar-vos uma situação que c...
Sou nova nestas andanças, da net (não em anos-57) ...
Obrigada pelos textos que nos deram a ler, a refle...
Estou de acordo com a ideia lançado por vocês impo...
Simplex , simplesmente. convido-os a visitarem o m...
já agora gostaria que observem uma iniciativa empr...
Estava a gostar deste blog...
Uma escrita muito pobre, na generalidade dos casos...
Estou numa dúvida: a oposição não foi eleita para ...
Posts mais comentados
88 comentários
50 comentários
44 comentários
43 comentários
38 comentários
36 comentários
27 comentários
25 comentários
arquivos
pesquisar neste blog
 

As imagens criadas pelo autor João Coisas apenas poderão ser utilizadas em blogues sem objectivo comercial, e desde que citada a respectiva origem.