Por Bruno Reis | Terça-feira, 28 Julho , 2009, 12:04

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

O Rodrigo Adão da Fonseca em dose dupla e ainda dizendo mais o Paulo Marcelo resolveram responder ao que apelidam de deslumbramento tecnológico do PS.

 

Vale a pena responder a estes postes pelo que têm de revelador relativamente às alternativas de governo com que nos deparamos.

 

Paulo Marcelo oferece-nos esta pérola de política verdadeira: Como explicou o Rodrigo Adão da Fonseca, os erros socialistas neste campo são os habituais. Por um lado, pensar que deve ser o Estado, e não as empresas em livre concorrência, a comandar todo o investimento em novas tecnologias. Ou a literacia anda fraca por esses lados, ou isto é uma mentira das grossas. Alguém no SIMplex ou no programa do PS defendeu que o Estado deve “comandar todo o investimento em novas tecnologias”? Quanto a política de verdade e propaganda estamos conversados.


É claro que o Estado deve fomentar na medida do possível o desenvolvimento tecnológico do país. É claro que deve usar novas tecnologias nos serviços públicos para os tornar mais eficientes com benefícios para a nossa economia. Isto nada tem de deslumbramento. Dizer o contrário é puro preconceito ideológico anti-tecnológicos digno dos luditas. Ainda nos arriscamos a assistir a destruições simbólicas dos amaldiçoados Magalhães. 

 

Rodrigo Adão da Fonseca é particularmente revelador do atavismo conservador da nossa direita. Ele desconfia, vejam lá, do qualquer coisa que seja apresentada em Portugal como uma inovação mundial. Ou seja, temos modestamente de esperar que os outros descubram as coisas – façam fortunas e criem empregos com isso – para depois fazermos qualquer-coisinha de parecido.

 

Quanto ao famigerado Magalhães – esse computador Intel informa RAF (que suponho não reparou ainda que praticamente todos os computadores dizem “Intel inside” e são feitos com componentes vindos de meio mundo) - o que é que a direita propõe? Fazer um teste de literacia antes de os distribuir? Acabar com o programa Magalhães e pedir a devolução dos já distribuídos? Em nome de uma política de verdade era importante que os portugueses ficassem a saber.

 

Já lhe passou pela cabeça, caro RAF, que – além da minha ironia sobre distribuir computadores por analfabetos – o uso do computador, sobretudo se bem acompanhado na escola (como evidentemente se pretende), pode tornar a aquisição de conhecimentos mais atractivo para os jovens? E alguém acredita que nas famílias com dinheiro para isso as crianças não terão um computador haja ou não Magalhães por via da escola? Igualdade de oportunidades é importante também no acesso à tecnologia. Mas, claramente, não para a direita.

 

Claro que a tecnologia não resolve tudo, mas pode ajudar muita coisa. Veja-se a INTERNET mais uma famigerada invenção fruto do investimento público. Pensar que, hoje, os computadores são inimigos da educação é um erro que nos custará caro. Pensar que um Estado mais eficiente e que investe em infra-estruturas como a fibra óptica não traz uma enorme mais valia para a economia é um erro que nos custará caríssimo se a direita chegar ao poder.

 

SIMPLEX, já ouviram falar? Apressar a criação de uma empresa não é um enorme ganho para a economia, e um enorme ganho de tempo para os empresários? A não ser, claro, que todas estas críticas não passem de propaganda política de ocasião e se a direita chegar ao poder tudo mude de figura numa milagrosa (ou será tecnológica?) transformação.

PS - O resto da resposta a RAF segue logo que a tecnologia permita.

 

 


Joao Cardiga a 28 de Julho de 2009 às 14:35
Caro Rodrigo e João Galamba (pelo seu anterior artigo),

Tenho de agradecer por estes dois artigos, que julgo são muito importantes.

Sou Liberal e pertenço ao Movimento Liberal Social, e uma das coisas mais dificeis é o facto de alguns conservadores se apelidarem de "liberais". Isso faz com que se crie uma ideia errada do liberalismo.

Nesse sentido julgo bastante importante o facto de finalmente, num blogue com esta visibilidade se apelidar as coisas como são: conservadores!

Muito Obrigado,

João Cardiga

João Cardiga a 28 de Julho de 2009 às 14:50
Já agora deixei um artigo a falar sobre o mesmo no nosso blogue:

http://blog.liberal-social.org/servi-o-publico-no-simplex

Protocolos
comentários recentes
Ainda bem que procurei por ti na internet em geral...
A discussão sobre pagar a saúde de acordo com os r...
Espero que o José Sócrates faça um bom trabalho..
Boa tarde, gostava da vossa opinião.hoje dirigi-me...
EsclarecimentoA notícia é apenas sobre uma propost...
Venho por este meio relatar-vos uma situação que c...
Sou nova nestas andanças, da net (não em anos-57) ...
Obrigada pelos textos que nos deram a ler, a refle...
Estou de acordo com a ideia lançado por vocês impo...
Simplex , simplesmente. convido-os a visitarem o m...
já agora gostaria que observem uma iniciativa empr...
Estava a gostar deste blog...
Uma escrita muito pobre, na generalidade dos casos...
Estou numa dúvida: a oposição não foi eleita para ...
Posts mais comentados
88 comentários
50 comentários
44 comentários
43 comentários
38 comentários
36 comentários
27 comentários
25 comentários
arquivos
pesquisar neste blog
 

As imagens criadas pelo autor João Coisas apenas poderão ser utilizadas em blogues sem objectivo comercial, e desde que citada a respectiva origem.