Por Simplex | Sexta-feira, 25 Setembro , 2009, 23:59

No domingo vamos votar PS. São várias as razões deste voto. Defendemos acima de tudo a liberdade, e esta mede-se pela capacidade de garantir progresso social e económico; a diversidade de opções e escolhas; o reconhecimento e os direitos das minorias. Somos ainda pela inovação, pelo conhecimento, pela capacidade inventiva e criadora, pela sustentabilidade energética, pela ecologia. Somos por um país que mede o seu valor pelo que faz agora pelos seus cidadãos e pelas suas cidadãs, nascidos ou não aqui, falantes ou não de português.


Apesar das razões do nosso apoio ao Partido Socialista serem muito diferentes estamos dispostos a apresentar um voto de confiança; assumido e partilhando sem complexos uma visão crítica e construtiva da política e do país. Queremos um país moderno com perspectivas de progresso. Vemos no PS a capacidade de mudança e modernização. Sem a tentação miserabilista e tacanha da direita e as utopias irresponsáveis da extrema-esquerda.

 

Queremos, em suma, que o Partido Socialista ganhe as eleições de 27 de Setembro próximo, de preferência com maioria absoluta. Só ele pode contribuir decisivamente para que Portugal se mantenha na vanguarda política do século XXI.

tags:

Odete Pinto a 26 de Setembro de 2009 às 13:26
Sem a mínima dúvida!

Até porque ainda há muito mais a fazer para AVANÇAR PORTUGAL.

jeronimo a 26 de Setembro de 2009 às 14:07
Bute.

Clara França Martins a 26 de Setembro de 2009 às 15:42
Evidentemente!

Chessplayer a 26 de Setembro de 2009 às 17:23
a questão que se põe àqueles que hoje (amanhã), vão votar (em quem?) e que em 2005 deram a maioria ao PS, é mais ou menos assim:
o rapazinho dispôs durante 4 anos de maioria absoluta. sejamos realistas, acham que isto melhorou?, agora que veem a maioria a fugir querem o voto para fazer o quê?
a questã o na realidade é: venha o Diabo e escolha, e mal por mal tenho de votar PS.

Juca a 26 de Setembro de 2009 às 18:19
Claro.

jrrc a 26 de Setembro de 2009 às 22:26
Obrigado SIMplex:

Pela clareza dos posts, e pela pedagogia que lhes esteve subjacente;
Pela serenidade do conteúdo, mesmo nas fases mais conturbadas da campanha;
E sobretudo, por serem a voz daqueles que, como eu, não têm a capacidade de expressar as suas opiniões de forma tão competente: foram assim a voz daqueles que, convosco, partilham os mesmos ideais politicis e sociais.

Diogo a 26 de Setembro de 2009 às 23:11
Fernando Madrinha (Jornal Expresso - 1/9/2007):

[...] Não obstante, os bancos continuarão a engordar escandalosamente porque, afinal, todo o país, pessoas e empresas, trabalham para eles. [...] Remetem-nos para uma sociedade cada vez mais vulnerável e sob ameaça de desestrutruração, indicam-nos que os poderes do Estado cedem cada vez mais espaço a poderes ocultos ou, em qualquer caso, não sujeitos ao escrutínio eleitoral. E dizem-nos que o poder do dinheiro concentrado nas mãos de uns poucos é cada vez mais absoluto e opressor. A ponto de os próprios partidos políticos e os governos que deles emergem se tornarem suspeitos de agir, não em obediência ao interesse comum, mas a soldo de quem lhes paga as campanhas eleitorais.

mario silva a 27 de Setembro de 2009 às 15:31
Temos uma democracia pobre quando um cidadão percebe que persiste uma rotatividade perversa de poder entre dois partidos durante décadas, e quando os líderes admitem descaradamente que não governam sem maioria absoluta (e portanto, não estão dispostos à negociação).
O meu desejo secreto seria os dois partidos que governaram o país durante 35 anos (PS e PSD), e portanto, os responsáveis por todos os problemas estruturais existentes, não terem a maioria dos mandatos e surgir uma terceira força partidária com votos na casa dos 30%. Seria o melhor protesto que o povo faria; mas, infelizmente, a maioria da população ainda não atingiu a maturidade política e cívica para que este cenário ocorra.

Joaninha a 27 de Setembro de 2009 às 17:17
Foi u espaço de discussão e uma oportunidade para os que raramente, como eu, a ele tem acesso.
Tiveram intervenções de altíssima qualidade, com um magnífico conjunto de colaboradres.
A TODOS obrigado e boa sorte.

Protocolos
comentários recentes
Ainda bem que procurei por ti na internet em geral...
A discussão sobre pagar a saúde de acordo com os r...
Espero que o José Sócrates faça um bom trabalho..
Boa tarde, gostava da vossa opinião.hoje dirigi-me...
EsclarecimentoA notícia é apenas sobre uma propost...
Venho por este meio relatar-vos uma situação que c...
Sou nova nestas andanças, da net (não em anos-57) ...
Obrigada pelos textos que nos deram a ler, a refle...
Estou de acordo com a ideia lançado por vocês impo...
Simplex , simplesmente. convido-os a visitarem o m...
já agora gostaria que observem uma iniciativa empr...
Estava a gostar deste blog...
Uma escrita muito pobre, na generalidade dos casos...
Estou numa dúvida: a oposição não foi eleita para ...
Posts mais comentados
88 comentários
50 comentários
44 comentários
43 comentários
38 comentários
36 comentários
27 comentários
25 comentários
arquivos
pesquisar neste blog
 

As imagens criadas pelo autor João Coisas apenas poderão ser utilizadas em blogues sem objectivo comercial, e desde que citada a respectiva origem.