Por Porfírio Silva | Quarta-feira, 23 Setembro , 2009, 12:23

Como já foi noticiado, Paulo Mota Pinto, um nome do comando-geral do PPD/PSD, que até tinha obrigação de decência por ser quem é, criticou as alegadas pressões de dirigentes do PS sobre a magistratura. Estaria em causa que membros do Conselho Superior da Magistratura, indicados pelo PS, questionassem que o juiz Rui Teixeira tivesse a nota máxima na respectiva avaliação. O ponto estava - e bem - em que essa nota máxima poderia não ser correcta se se verificasse que outros tribunais mostraram, ao decidir casos subsequentes, que o trabalho de Rui Teixeira tivera falhas importantes. Avaliação é isso mesmo - mas alguns acham que qualquer pessoa que tenha prejudicado um dirigente do PS tem direito, daí para a frente, a estar acima de qualquer avaliação e a seguir numa passadeira vermelha de veludo. E quando assim não seja - são "pressões" e "asfixia democrática" e um chuveirinho de disparates.
Ora, mais uma vez, estamos perante um disparate deste PSD à moda de MFL.
Como entretanto foi amplamente noticiado: a suspensão da avaliação de Rui Teixeira foi proposta por Laborinho Lúcio. Laborinho Lúcio, para quem não se lembra, foi ministro da Justiça de Cavaco Silva e está nomeado pelo actual Presidente da República para o Conselho Superior da Magistratura. E a sua proposta foi aprovada por esmagadora maioria desse órgão.
Esta é a consistência da campanha do PSD sobre a asfixia democrática. Só tolices. Injúrias. Falta de sentido da responsabilidade. Pressões sobre todo e qualquer órgão da República apenas para tentar lançar poeira sobre a paisagem e lama sobre o PS.
Pode gente desta chegar ao governo de Portugal?

 

(também aqui)


arita a 23 de Setembro de 2009 às 14:35
grande blog,

Vitor Fonseca a 23 de Setembro de 2009 às 14:42
Tornava-se evidente que ainda por forma marginal, o célebre caso "Casa Pia" teria lugar nesta campanha. É evidente o sinal de desespero.

Fica ainda uma dúvida. Quando é que se falará nas orientações sexuais de José Socrates? É que para a campanha negra estar completa, só falta mesmo uma menção aos "colos" que o PM prefere!

weber a 23 de Setembro de 2009 às 15:36
E, para quem não se recorde, Laborinho Lúcio é um homem honrado.
Na primeira maioria socialista, depois da saída de Cavaco Silva (primeiro governo Guterres) foi sugerido em sede de Assembleia da República o nome deste cidadão para Provedor da Justiça. Por razões sectárias, alguns (creio eu...) deputados socialistas não respeitaram a disciplina d voto e o nome de Laborinho Lúcio não reuniu o número requerido de votos. As presidências e respectivos grupos parlamentares reuniram-se e acertaram-se quanto à disciplina de voto.
Reuniram com Laborinho Lúcio e informaram-no que não haveria perigo de nova "derrota".
Reposta de Laborinho Lúcio: - " Muito obrigado pelo empenho. Mas, em democracia há duas coisas boas. Uma, é ganhar; a outra, é perder."
E declinou o convite para se recandidatar.
Se foi Laborinho Lúcio a tomar a iniciativa relativamente ao Juiz Rui Teixeira, razão maior para estarmos tranquilos: foi um honrado homem que o fez.
É pois mais que dispensável a associação do seu nome a Cavaco Silva e ao actual inquilino de Belém.
José Albergaria

Protocolos
comentários recentes
Ainda bem que procurei por ti na internet em geral...
A discussão sobre pagar a saúde de acordo com os r...
Espero que o José Sócrates faça um bom trabalho..
Boa tarde, gostava da vossa opinião.hoje dirigi-me...
EsclarecimentoA notícia é apenas sobre uma propost...
Venho por este meio relatar-vos uma situação que c...
Sou nova nestas andanças, da net (não em anos-57) ...
Obrigada pelos textos que nos deram a ler, a refle...
Estou de acordo com a ideia lançado por vocês impo...
Simplex , simplesmente. convido-os a visitarem o m...
já agora gostaria que observem uma iniciativa empr...
Estava a gostar deste blog...
Uma escrita muito pobre, na generalidade dos casos...
Estou numa dúvida: a oposição não foi eleita para ...
Posts mais comentados
88 comentários
50 comentários
44 comentários
43 comentários
38 comentários
36 comentários
27 comentários
25 comentários
arquivos
pesquisar neste blog
 

As imagens criadas pelo autor João Coisas apenas poderão ser utilizadas em blogues sem objectivo comercial, e desde que citada a respectiva origem.