Por Carlos Manuel Castro | Sexta-feira, 18 Setembro , 2009, 03:19

Documentos provam que foi o principal assessor de Cavaco Silva, Fernando Lima, quem deu indicações ao editor do jornal Público, Luciano Alvarez sobre as suspeitas de o Presidente estar a ser vigiado pelo Governo. Leia a história e os documentos que a sustentam hoje no DN

 

Parece que a "paranóia" (como denominou o Provedor do "Público") de Agosto, das putativas escutas a Belém, começa a descobrir-se.

 

A adquirir o DN de hoje e aguardar algo mais do que o até agora enigmático silêncio de Belém.

 


aires bustorff a 18 de Setembro de 2009 às 07:53
A Presidencia deve serenamente

pensar, ponderar,

se tem condições para continuar a arbitar o "normal funcionamento das instituições".

De qualquer modo, penso

que todos devemos ajudar Prof. Cavaco Silva aterminar dignamente o seu mandato,

é a credibilidade interna e externa do País, que assim o exigem

abraço

Sophia a 18 de Setembro de 2009 às 08:57
Fonte: tsf. sapo.pt

José Manuel Fernandes vai deixar a direcção do Público após as autárquicas. Segundo noticia o Sol, a nova directora do jornal será Bárbara Reis.

Enfim...

amcslb a 18 de Setembro de 2009 às 09:42
Constitucionalmente é possível demitir o se silva?

Nicolae a 18 de Setembro de 2009 às 10:08
Durante quanto mais tempo ficará Cavaco a fazer de conta que tem a boca entupida com bolo rei ?

Porfírio Silva a 18 de Setembro de 2009 às 11:15
No i online:
«Ouvido esta manhã pela TSF, o director do Público garantiu que parte do e-mail publicado hoje pelo DN terá sido forjado. José Manuel Fernandes acredita que a correspondência electrónica de Luciano Alvarez, editor do jornal, só pode ter sido "alguém fez uma intrusão dentro do Público e colocou isso nalguns jornais". Para José Manuel Fernandes, "é um trabalho dos serviços de informações", que confirma as suspeitas do Presidente da República. Foi já pedida uma auditoria às comunicações da empresa.»

Então o email é (parcialmente) forjado MAS a sua detecção é trabalho dos serviços de informação? Se o email original existe, porque é que o sr. Fernandes não o divulga para que se veja em que partes é forjado?
Já agora, a auditoria às comunicações da empresa é para o sr. Fernandes saber quem cedeu a informação?

Protocolos
comentários recentes
Ainda bem que procurei por ti na internet em geral...
A discussão sobre pagar a saúde de acordo com os r...
Espero que o José Sócrates faça um bom trabalho..
Boa tarde, gostava da vossa opinião.hoje dirigi-me...
EsclarecimentoA notícia é apenas sobre uma propost...
Venho por este meio relatar-vos uma situação que c...
Sou nova nestas andanças, da net (não em anos-57) ...
Obrigada pelos textos que nos deram a ler, a refle...
Estou de acordo com a ideia lançado por vocês impo...
Simplex , simplesmente. convido-os a visitarem o m...
já agora gostaria que observem uma iniciativa empr...
Estava a gostar deste blog...
Uma escrita muito pobre, na generalidade dos casos...
Estou numa dúvida: a oposição não foi eleita para ...
Posts mais comentados
88 comentários
50 comentários
44 comentários
43 comentários
38 comentários
36 comentários
27 comentários
25 comentários
arquivos
pesquisar neste blog
 

As imagens criadas pelo autor João Coisas apenas poderão ser utilizadas em blogues sem objectivo comercial, e desde que citada a respectiva origem.