Por Paulo Ferreira | Domingo, 13 Setembro , 2009, 02:03

La líder de la oposición ha señalado que no le gusta "que los españoles se metan en la política portuguesa" y ha justificado el interés de España por que el tren de alta velocidad llegue a Portugal a que, de ser así, recibirá más fondos de la Unión Europea. Sócrates, defiende en cambio las "inversiones en las redes de alta velocidad" para ayudar a superar la crisis y ha criticado que la candidata de la oposición esté dispuesta a faltar a su palabra con España y echarse atrás en un proyecto que respaldó cuando era ministra en 2003. - El País

 

"No me gustan los españoles metidos en la política portuguesa, estoy defendiendo los intereses de Portugal, que no es una provincia de España", enfatizó Manuela Ferreira Leite, exaltada, en el debate. Sócrates aprovechó el frente a frente televisivo para interrogar a su principal rival sobre la cuestión del tren de alta velocidad, uno de los temas que más polémica está causando durante esta precampaña electoral.

José Sócrates recordó a Ferreira Leite que cuando era ministra de Finanzas en el gobierno conservador de José Manuel Durao Barroso participó en la cumbre ibérica de Figueira da Foz, el 8 de noviembre de 2003, en la que se firmó el acuerdo en el que su Ejecutivo se comprometía a construir cuatro líneas de alta velocidad. Además, el candidato socialista argumentó que, posteriormente, Ferreira Leite participó en un Consejo de Ministros del que salió una resolución en la que se afirmaba que "el proyecto de inversión del AVE es estructural, contribuye al crecimiento del PIB, induce a la creación de empleo y es un factor decisivo para Portugal". El Mundo 

 

Uma verdadeira postura de Estado que demonstra a capacidade, demonstra o conhecimento de politica interna bem como externa e  revela a consciência da realidade ibérica dentro da UE...a de José Sócrates,obviamente!

A da outra senhora é mesmo a de voltar costas ao Mundo em geral e a Espanha em particular, orgulhosamente sós!Assim não há glória antiga que lhe valha!

 

em estéreo aqui


aires bustorff a 13 de Setembro de 2009 às 08:40
Perdoai-lhe, Senhor,

porque ela

definitivamente

já não sabe o que diz!!!...

Anónimo a 13 de Setembro de 2009 às 13:18
Foi provinciana e cinicamente demagógica a tirada sobre os espanhóis. Nós teremos também mais apoios sendo linha transfronteiriça. Um acordo benéfico entre dois estado é algo mais que normal (mesmo havendo a opinião que possa ser mais benéfico para apenas um).
O que é ridículo e triste é a personagem ter estado na génese desses acordos e não ter a estatura para ser mais comedida nas suas opiniões. Envolve a honradez do estado português. Apenas isso. Usar em campanha diz muito de até onde a "verdade" e "credibilidade" vão para os fins que pretendem. Com os espanhóis logo se vê... talvez o apoio ao sucesso ao Santader não tenha relação com os espanhóis.


Melhores sucessos!
EM

Protocolos
comentários recentes
Ainda bem que procurei por ti na internet em geral...
A discussão sobre pagar a saúde de acordo com os r...
Espero que o José Sócrates faça um bom trabalho..
Boa tarde, gostava da vossa opinião.hoje dirigi-me...
EsclarecimentoA notícia é apenas sobre uma propost...
Venho por este meio relatar-vos uma situação que c...
Sou nova nestas andanças, da net (não em anos-57) ...
Obrigada pelos textos que nos deram a ler, a refle...
Estou de acordo com a ideia lançado por vocês impo...
Simplex , simplesmente. convido-os a visitarem o m...
já agora gostaria que observem uma iniciativa empr...
Estava a gostar deste blog...
Uma escrita muito pobre, na generalidade dos casos...
Estou numa dúvida: a oposição não foi eleita para ...
Posts mais comentados
88 comentários
50 comentários
44 comentários
43 comentários
38 comentários
36 comentários
27 comentários
25 comentários
arquivos
pesquisar neste blog
 

As imagens criadas pelo autor João Coisas apenas poderão ser utilizadas em blogues sem objectivo comercial, e desde que citada a respectiva origem.