Por João Galamba | Quinta-feira, 10 Setembro , 2009, 13:15

Pacheco Pereira está enganado. O novo crime não é ir à Madeira. O "Crime" (a escolha de palavras de Pacheco Pereira é todo um programa) consiste em ir à Madeira  e dizer o que Ferreira Leite disse — e que, ontem, voltou a dizer — sobre asfixias democráticas, as de cá (tenebrosas) e as de lá (fantasiosas). "Crime" é branquear a forma como Jardim usa (e abusa) do poder na Madeira só porque isso pode dar uns votos. "Crime" é sacrificar "a Verdade" ao calculismo político mais rasteiro e oportunista. "Crime" é confundir democracia com voto popular. "Crime" é pôr em prática a teoria populista defendida por Isaltinos e Valentins de que a justiça é o voto do povo e de que, mais do que a lei, interessa o que as "pessoas sentem". "Crime" é Ferreira Leite dizer que o Governo de Jardim é um modelo a seguir. "Crime" é brincar com os Portugueses acenando com fantasmas irresponsáveis (cá) quando na Madeira há tiros a zepelins, seguranças privados que impedem deputados democraticamente eleitos de entrar no parlamento, atropelos aos legítimos direitos da oposição no parlamento e quejandos. "Crime" é o branqueamento do PR e do PSD aos despautérios de Jardim. "Crime é Ferreira Leite ter encenado um embuste retórico com um único objectivo: a conquista do poder. Já agora, Crime (sem aspas) é quando você acusa, difama e calunia sem provas. Já pensou nisso, Pacheco Pereira?


Joaquim Amado Lopes a 10 de Setembro de 2009 às 13:47
Não costumo ir à Madeira mas a ideia que tenho é que, neste caso, Manuela Ferreira Leite tinha feito melhor em falar do tempo. É que, pelo que sei ou julgo saber (comunicação social), a Madeira não é exemplo para ninguém em termos de respeito pela pluralidade e opiniões diferentes.
Isto embora o Jaime Gama tenha sido muito mais elogioso do que MFL para com o ambiente democrática na Madeira.

Mas, nessa matéria, o PS (Partido do Sócrates) também não é exemplo para ninguém. Na realidade, venha o diabo e escolha.
Naturalmente, não será o João Galamba a reconhecê-lo. Afinal, não há fundamentalista pior do que o convertido.


Valupi a 10 de Setembro de 2009 às 14:23
Muito bem, João.

miguel a 10 de Setembro de 2009 às 14:40
Sobre Pacheco Pereira e A João Jardim, julgo que nada melhor do que recordar o que diziam uns sobre os outros.

Estranhamente, as palavras parecem sábias. Eles conhecem-se bem.

Diz o Pacheco...

"O PSD tem uma crise de credibilidade e uma parte desta crise deve-se ao facto de se ter permitido que alguns militantes enterrassem a imagem do partido a nível nacional, envolvendo-se em processos, em actividades ou tendo comportamentos que punham em causa a dignidade de homens políticos", afirma Pacheco Pereira na entrevista, que tem o título "Jardim afecta imagem da Madeira".

Diz o PSD-M...

"[...]O PSD-Madeira considerou hoje o ex-eurodeputado Pacheco Pereira um "diletante sem qualquer utilidade" que "se pavoneia" a atacar com "asneiras" Alberto João Jardim, e avisou que é contra uma "caça às bruxas" no partido.[...]"

http://ultimahora.publico.clix.pt/noticia.aspx?id=1228084&idCanal=10

Miguel

CC a 10 de Setembro de 2009 às 14:49
Presumo que, segundo o vosso douto entendimento, o Dr. Jaime Gama seja um "criminoso" da pior espécie.

Pedro Martins a 10 de Setembro de 2009 às 14:56
Se lhe for possível compare as afirmações do Dr. Jaime Gama em relação ao ambiente politico na Madeira com as da Dra MFL sobre o mesmo assunto

PM a 10 de Setembro de 2009 às 15:00
Há que dar o desconto. Talvez o Sr. Pereira tenha feito a tal "interpretação especial" das palavras da Sra. Leite... Afinal a senhora "tropeça" quando fala e por isso que necessita duma interpretação especial...
Talvez se tenha limitado a isso...

keep up!

Tiago Julião Neves a 10 de Setembro de 2009 às 15:06
Isto não é o PP, deve ser algum vírus informático. Só se ele desligou novamente a firewall da honestidade intelectual e está a jogar o Let's see if someone buys this III". Mau maria menino José acho que estamos a ficar viciados!

O PP parece um mig supersónico reconvertido em avioneta de combate a fogos que de dia para dia se torna mais num hovercraft, não toca na lama, mas projecta-a baixinho em várias direcções.

Armando Matos a 10 de Setembro de 2009 às 15:10
O que faz Pacheco Pereira:
Não são calúnias, mas pura demência.
Há hospitais próprios para tratar isto.
O problema é que na altura de ser responsabilizado poderá ser considerado inimputável.

TM a 10 de Setembro de 2009 às 15:21
Mto bem, Joao. PP pifou.

Bruno-Planetas a 10 de Setembro de 2009 às 15:30
Mto bem sô tor....

Protocolos
comentários recentes
Ainda bem que procurei por ti na internet em geral...
A discussão sobre pagar a saúde de acordo com os r...
Espero que o José Sócrates faça um bom trabalho..
Boa tarde, gostava da vossa opinião.hoje dirigi-me...
EsclarecimentoA notícia é apenas sobre uma propost...
Venho por este meio relatar-vos uma situação que c...
Sou nova nestas andanças, da net (não em anos-57) ...
Obrigada pelos textos que nos deram a ler, a refle...
Estou de acordo com a ideia lançado por vocês impo...
Simplex , simplesmente. convido-os a visitarem o m...
já agora gostaria que observem uma iniciativa empr...
Estava a gostar deste blog...
Uma escrita muito pobre, na generalidade dos casos...
Estou numa dúvida: a oposição não foi eleita para ...
Posts mais comentados
88 comentários
50 comentários
44 comentários
43 comentários
38 comentários
36 comentários
27 comentários
25 comentários
arquivos
pesquisar neste blog
 

As imagens criadas pelo autor João Coisas apenas poderão ser utilizadas em blogues sem objectivo comercial, e desde que citada a respectiva origem.