Por Diogo Moreira | Quarta-feira, 09 Setembro , 2009, 00:31

Sabemos pelas páginas 50 e 52 do programa eleitoral do BE que querem nacionalizar a banca, o sector energético e as seguradoras,

 

Contudo, na páginas 10 a 12 está insinuado que outros sectores deverão ser exclusivamente públicos como a educação, a saúde e os transportes.

 

A minha dúvida é se os colégios e universidades privadas, todos os hospitais, clínicas e laboratórios de análises, assim como as companhias de transporte, também seriam nacionalizadas se o BE fosse poder?

 

E já agora, quanto tempo é que demorariam a ilegalizar a propriedade privada?

 

Antecipadamente grato pela resposta.


A Lima a 9 de Setembro de 2009 às 00:55
Por favor...haja bom senso.
É com estas reacções infantis e com marketing barato que o PS pode recuperar a credibilidade que perdeu junto de sectores importantes que constituem o seu eleitorado tradicional e que tendem a votar BE ?
Ou o SIMPLex quer dar uma ajudinha à direita para destruir o PS ?
Por exemplo: fui ler com atenção as tais páginas 50 a 52 do programa do BE e NÃO É VERDADE que lá seja defendida a nacionalização da banca e dos seguros.
Por favor leiam com algum rigor analítico . O mais que lá é dito é que "A banca, os seguros e todo o sector financeiro são decisivos para a actividade
económica, para o crédito e para a vida das pessoas e por isso devem ser públicos ou estar sob o controlo de
políticas públicas" (atenção ao OU) Mas depois o que é defendido em concreto é apenas uma outra actuação da Caixa Geral de Depósitos. Nada mais.
Mas devem os socialistas insurgir-se tão exacerbadamente contra nacionalizações e calar-se perante PRIVATIZAÇÕES que têm sido um roubo nacional descarado ?
Assim não vamos lá...

Augusto a 9 de Setembro de 2009 às 01:03
Parece que o troço da Auto Estrada, Coimbra Oliveira de Azemeis , que o governo se preparava para entregar á Mota Engil, a um preço muito superior ao que tinha sido inicialmente acordado, foi por água abaixo.

Lá pouparam os contribuintes QUINHENTOS MILHOES DE EUROS, e lá ficou o Jorge Coelho e Ca a tenir.

Ah ganda Louçã....


Márcio Diogo Augusto a 9 de Setembro de 2009 às 01:33
Só não se sabe se é má vontade se é défice cognitivo de Diogo Moreira... As páginas não são essas mas se ler as correctas (55 no que diz respeito a banca e seguros) e tiver o cuidado de ler as frases completas, verificará que não tem base para sustentar as suas afirmações.

Quanto a insinuações, não as vejo, mas talvez seja preciso o seu olho treinado que consegue ver o que outros não conseguem.

E já agora, o que me admira é como se consegue dormir em paz sendo tão desonesto.

Joana a 9 de Setembro de 2009 às 08:41
Há mais de um mês que se sabia que foi desaconselhado a não adjudicação da obra..Louçã equivou-se mais uma vez....deve ser efeitos nervosos pela revelação do plano de Louçã contra a Classe Média.

Pedro Sá a 9 de Setembro de 2009 às 09:43
Esquivou-se, não. Mentiu descaradamente.

Protocolos
comentários recentes
Ainda bem que procurei por ti na internet em geral...
A discussão sobre pagar a saúde de acordo com os r...
Espero que o José Sócrates faça um bom trabalho..
Boa tarde, gostava da vossa opinião.hoje dirigi-me...
EsclarecimentoA notícia é apenas sobre uma propost...
Venho por este meio relatar-vos uma situação que c...
Sou nova nestas andanças, da net (não em anos-57) ...
Obrigada pelos textos que nos deram a ler, a refle...
Estou de acordo com a ideia lançado por vocês impo...
Simplex , simplesmente. convido-os a visitarem o m...
já agora gostaria que observem uma iniciativa empr...
Estava a gostar deste blog...
Uma escrita muito pobre, na generalidade dos casos...
Estou numa dúvida: a oposição não foi eleita para ...
Posts mais comentados
88 comentários
50 comentários
44 comentários
43 comentários
38 comentários
36 comentários
27 comentários
25 comentários
arquivos
pesquisar neste blog
 

As imagens criadas pelo autor João Coisas apenas poderão ser utilizadas em blogues sem objectivo comercial, e desde que citada a respectiva origem.