Por Diogo Moreira | Segunda-feira, 07 Setembro , 2009, 00:33

Foi com grande consternação que assisti no debate com MFL à defesa despudorada que Francisco Louçã fez das “nacionalizações por decreto” que ocorreram num dos períodos mais negros da nossa história: o PREC.

 

Considerá-las necessárias porque “os seus proprietários fugiram do país”, ou porque supostamente impediam a “democratização” da economia, é das coisas mais incríveis que já ouvi num debate politico.

 

Com estes argumentos, torna-se perfeitamente óbvio que o BE nunca poderá ser parceiro de governo, ou até mesmo participar em acordos de incidência parlamentar para a sustentação de um qualquer governo.

 

A fuga de capitais para o estrangeiro provocada pelo terror de todos aqueles que temeriam, legitimamente à luz destas declarações, que os seus bens fossem nacionalizados se Louçã alguma vez assumisse funções governativas seria o suficiente para devastar a nossa economia.

 

A propriedade privada é um valor fundamental da democracia.

 

Sem ela não existe liberdade.


Filipe a 7 de Setembro de 2009 às 01:43
Tudo ao Estado.
Veja-se que Louçã já citou De Gaulle para justificar as "suas" nacionalizações desenfreadas. De Gaulle!
Tudo retirado do contexto, seja ele da situação como o temporal.
Haja paciência.

Mário Cruz a 7 de Setembro de 2009 às 02:35
Muito bem agumentado. Concordo completamente. Será que o PCP/CDU não pensam exactamente o mesmo que o BE, sobre este tema?

Zé dos Reis a 7 de Setembro de 2009 às 03:10
Nacionalize-se, nacionalize-se.
Bancos, EDP, REN, GALP, etc.
É a forma do governo nomear as administrações dos bancos e das principais empresas.
E os Jornais e TV's tambem.
Francisco Louçã está feito com Sócrates, só pode.

Vera Santana a 7 de Setembro de 2009 às 12:53
Gostei muitíssimo de ouvir Francisco Louçã. Fez um debate de Verdade, no decurso do qual mostrou uma grande parte da sua enoooooooooooooorme capacidade demagógica. Se alguma vaga "empatia" tive pelo BE, aquando do seu nascimento, há muito que se desfez. E ontem só vimos a parte visível do iceberg! Imaginem a parte que está invisível . . . e que, espero, nunca venha à tona, pois não quero o BE a governar o meu País. A não ser em eventualissimos acordos de incidência parlamentar, com o PS.

Obrigado, Francisco Louçã por aparecer na pantalha num debate a dois, com ganas de vir a ter poder (o que é legítimo mas, sendo até agora uma miragem, possibilitava ao Francisco veicular umas ideias aparentemente interessantes, blasées, de quem está na política desinteressadamente) e com a Verdade (do BE) visível.

Obrigado, Francisco Louçã, por ter cheirado o poder (com as Europeias) e ter ficado deslumbrado. O flash das Europeias cegou o BE que mostrou o seu Verdadeiro afastamento das realidades do século XXI.

Aguardo com expectativa a próxima Aparição de Francisco na Pantalha.

tormelindo fuas a 7 de Setembro de 2009 às 13:27
Pois, nunca pensei vir a dizer isto... mas em matéria de sistema económico, o BE começa-me a parecer ainda mais retrógrado do que o PCP. Falta-lhes talvez a experiência no terreno, já que não têm influência sindical relevante nem sabem o que é governar localmente (ao contrário do velho PCP)...

O BE andou a esconder (muito) bem a sua total ausência de evolução nesta área ao longo de dez anos. A mim tb já não me enganam mais! Livra!

Vera Santana a 7 de Setembro de 2009 às 14:43
A APARIÇÃO DE FRANCISCO NA PANTALHA

... aguardamos com entusiasmo!

Lúcia, Joaquim, Adérito, Jacinta e outra/o/s!

Protocolos
comentários recentes
Ainda bem que procurei por ti na internet em geral...
A discussão sobre pagar a saúde de acordo com os r...
Espero que o José Sócrates faça um bom trabalho..
Boa tarde, gostava da vossa opinião.hoje dirigi-me...
EsclarecimentoA notícia é apenas sobre uma propost...
Venho por este meio relatar-vos uma situação que c...
Sou nova nestas andanças, da net (não em anos-57) ...
Obrigada pelos textos que nos deram a ler, a refle...
Estou de acordo com a ideia lançado por vocês impo...
Simplex , simplesmente. convido-os a visitarem o m...
já agora gostaria que observem uma iniciativa empr...
Estava a gostar deste blog...
Uma escrita muito pobre, na generalidade dos casos...
Estou numa dúvida: a oposição não foi eleita para ...
Posts mais comentados
88 comentários
50 comentários
44 comentários
43 comentários
38 comentários
36 comentários
27 comentários
25 comentários
arquivos
pesquisar neste blog
 

As imagens criadas pelo autor João Coisas apenas poderão ser utilizadas em blogues sem objectivo comercial, e desde que citada a respectiva origem.