Por Miguel Abrantes | Sexta-feira, 04 Setembro , 2009, 19:47

As mesmas impressões digitais



 

No caso das escutas, o Público disse que “fonte” não identificada da Presidência admitia ter “suspeitas” de que assessores do primeiro-ministro andavam pelas esquinas a ouvir as elaboradas conversas que se tinham em Belém. Repare-se no seguinte:

    • Não se diz quem do gabinete do primeiro-ministro possa ter escutado; e
    • O alegado escutado recusa-se a falar sobre o assunto.

A história era demasiado inverosímil para ser levada a sério. O país riu-se à gargalhada, os próprios “comentadores” de direita demarcaram-se de tão grosseiro embuste e o assunto morreu. Ontem, um novo embuste foi ensaiado com o Jornal de Negócios a fazer a seguinte manchete: “Gabinete de Sócrates acusado de ameaçar gestor do PSD”. Jorge Bleck, advogado, dirigente do PSD, designadamente no consulado de Marcelo, e actual vice-presidente de um instituto laranja, aparece agora, nas vésperas das eleições, a proclamar que Alexandre Relvas, outro dirigente laranja, havia sido intimidado para que “medisse bem” o que dizia… há mais de um ano. Repare-se no seguinte:

    • Uma vez mais, não se diz quem do gabinete do primeiro-ministro possa ter pressionado;
    • Também o alegado pressionado se recusa a falar sobre o assunto;
    • Se isso fosse verdade, tinha ocorrido há mais de um ano;
    • A técnica utilizada é exactamente a mesma das escutas — são lançadas falsidades, que nenhum dos visados confirma, e os alegados autores das pressões nunca são identificados.

Veja-se que Alexandre Relvas não é um soldado desconhecido do PSD. Foi ajudante de Cavaco, mais tarde director de logística da campanha de Cavaco à presidência e, com a Dr.ª Manuela, foi alçado à presidência do instituto laranja, tendo-se desdobrado desde então em intervenções públicas e entrevistas. Numa destas, contou até que é visita habitual de Cavaco, sendo por isso surpreendente que o Presidente da República, se um seu amigo muito próximo, a quem apelida de “o meu José Mourinho”, estivesse a ser pressionado por razões políticas se mantivesse em silêncio sobre o assunto... durante mais de um ano. Bem vistas as coisas, é como diz a Dr.ª Manuela: "Eu não quero saber se há escutas ou não, eu não quero saber se há retaliações ou não, o que é grave é que as pessoas acham que há". Não há melhor definição de “Política de Verdade”.


Paulo Ferreira a 5 de Setembro de 2009 às 03:48
Mais tarde ou mais cedo as pessoas vão perceber que "este" PSD, a própria MFL, estes metodos e estas practicas, não são "genética PSD", não são obra e graça da mente da Dra MFL, estes barõezinhos Brancos cheios de Relva,este estilo de soudbytes Rangelianos, estas trapaças e malfeitorias canalhas são o estilo verdadeiro, a marca distinta portuguesa de negócios, a matriz do lider do PSD desde 1985, Anibal Cavaco Silva.Ele nunca saiu do lugar, apenas da cadeira....

Protocolos
comentários recentes
Ainda bem que procurei por ti na internet em geral...
A discussão sobre pagar a saúde de acordo com os r...
Espero que o José Sócrates faça um bom trabalho..
Boa tarde, gostava da vossa opinião.hoje dirigi-me...
EsclarecimentoA notícia é apenas sobre uma propost...
Venho por este meio relatar-vos uma situação que c...
Sou nova nestas andanças, da net (não em anos-57) ...
Obrigada pelos textos que nos deram a ler, a refle...
Estou de acordo com a ideia lançado por vocês impo...
Simplex , simplesmente. convido-os a visitarem o m...
já agora gostaria que observem uma iniciativa empr...
Estava a gostar deste blog...
Uma escrita muito pobre, na generalidade dos casos...
Estou numa dúvida: a oposição não foi eleita para ...
Posts mais comentados
88 comentários
50 comentários
44 comentários
43 comentários
38 comentários
36 comentários
27 comentários
25 comentários
arquivos
pesquisar neste blog
 

As imagens criadas pelo autor João Coisas apenas poderão ser utilizadas em blogues sem objectivo comercial, e desde que citada a respectiva origem.