Por Tiago Barbosa Ribeiro | Quinta-feira, 03 Setembro , 2009, 16:47

A existência de imprensa livre é um dos pilares das democracias liberais, na tradição em que o PS se insere. A absorção da imprensa livre por agendas particulares com fins políticos, sem escrutínio e violentamente condicionadoras da acção de um governo eleito, conduz à limitação da própria liberdade da imprensa e dos contra-poderes de uma democracia liberal.

 

Não se trata de um julgamento individual sobre o «bom» ou o «mau» jornalismo, com deontologia ou sem ela, mas sim a identificação clara de uma actividade política que utiliza o jornalismo como artifício para não se apresentar aos cidadãos como um corpo de oposição ao governo, a qualquer governo, salvaguardando-se assim numa estratégia continuada de decapitação política de um determinado partido.

 

O que se passou na TVI e a forma como o caso está a ser explorado revela a violência subterrânea com que o PSD, concretamente, encara as próximas eleições legislativas. É ao PSD, sobretudo, que o caso serve. Para o PS, alheio à decisão, só acresce penalização pública.

 

A liberdade de imprensa, que obviamente nunca esteve nem está em causa, é apenas um argumento como outro qualquer. Mas perigoso e indigno. E não deixa de ser irónico que seja este partido a querer condicionar a decisão de uma empresa, ao mesmo tempo que acusa o PS de manipulação. Daqui até 27 de Setembro, o desespero não pode mesmo ser menosprezado. Imagine-se depois.

tags: , ,

fausto a 3 de Setembro de 2009 às 19:28
Que tristeza...
Agora querem passar o ónus para o PSD!
Mas alguém tem dúvidas de que Sòcrates se incomóda quando é falado e confrontado com verdades sobre a sua pessoa ou o seu governO? Se tiverem a coragem de desmentir isto dou-vos os parabéns pela total falta de honestidade.
E mais, agora fazem campanha a meias com BE? É que já se começa a perceber isso claramente, basta ver que o BE atirou cá para fora com o celebre e triste episódio da saida de marcelo da TVI. Essa já não pega, pois Sócrates só teve Maioria absoluta porque o PSD e Santana ja foram penalizados. Agora quem vai ser "julgado2 quer queiram quer não são os 4 anos e meio de políticas de JS.

Paulo Nunes a 3 de Setembro de 2009 às 19:43
Na Venezuela, o Hugo Chavez diz a mesma coisa.

pedro a 3 de Setembro de 2009 às 19:59
à vontade mas não "àvontadinha" já dizia a minha tia...

joão a 3 de Setembro de 2009 às 20:07
Chavez, Pol Pot, Estaline ou Fidel não diriam melhor.


FD a 3 de Setembro de 2009 às 20:43
Sim, nós como somos uma democracia avançada e com largos anos de experiência podemos dar-nos ao luxo de negar os exemplos la' fora de meios de comunicação social que publicamente defendem / apoiam certos candidatos ou partidos políticos.
Se a TVI não defende publicamente, certamente não apoia, esta' no seu direito, e' um canal privado.
A campanha Obama teve milhares de claros apoiantes nos media não oficialmente assumidos. Exemplos internacionais e nacionais (la' e ca') e ninguém levantou um dedo que fosse.. Ja' para não falar dos inúmeros ataques ao qual Bush foi alvo, também ninguém criticou, era normal, o Bush era o mau. A Esquerda esquece-se tão rapidamente! Qualquer coisa de semelhante com Socrates e o Sr Ministro tinha lançado uma Jihad.
Agora ja' e' isto e aquilo...
Na altura o que interessava era acabar com a era Bush. Pois bem, secalhar o intuito aqui e' acabar com a era Socrates, pode-se ?

Mas e' curioso, no minimo!

Joao Fernandes a 3 de Setembro de 2009 às 21:58
Temos um novo Diácono Remédios...
Falem à vontade, mas com juí-zo...

Anonimo a 3 de Setembro de 2009 às 22:34
Mentiroso , nem pra ti proprio serves.

Núncio a 5 de Setembro de 2009 às 17:49
Um artigo perigosamente desonesto.
Não importa quem vai beneficiar com esta decisão da Prisa, aliás nunca ninguém beneficia da censura ou do condicionamento.
O que é relevante é o fundamento objectivamente político da decisão empresarial, além da duvidosa legalidade (os administradores dão orientações institucionais, não fazem gestão do canal, para isso existe uma direcção).

P.S. Só uma pergunta certamente ingénua: se é tudo do foro empresarial a que o primeiro-ministro português é totalmente alheio, porquê o nervosismo, as sucessivas explicações, os ataques aos opositores?

Protocolos
comentários recentes
Ainda bem que procurei por ti na internet em geral...
A discussão sobre pagar a saúde de acordo com os r...
Espero que o José Sócrates faça um bom trabalho..
Boa tarde, gostava da vossa opinião.hoje dirigi-me...
EsclarecimentoA notícia é apenas sobre uma propost...
Venho por este meio relatar-vos uma situação que c...
Sou nova nestas andanças, da net (não em anos-57) ...
Obrigada pelos textos que nos deram a ler, a refle...
Estou de acordo com a ideia lançado por vocês impo...
Simplex , simplesmente. convido-os a visitarem o m...
já agora gostaria que observem uma iniciativa empr...
Estava a gostar deste blog...
Uma escrita muito pobre, na generalidade dos casos...
Estou numa dúvida: a oposição não foi eleita para ...
Posts mais comentados
88 comentários
50 comentários
44 comentários
43 comentários
38 comentários
36 comentários
27 comentários
25 comentários
arquivos
pesquisar neste blog
 

As imagens criadas pelo autor João Coisas apenas poderão ser utilizadas em blogues sem objectivo comercial, e desde que citada a respectiva origem.