Por Sofia Loureiro dos Santos | Terça-feira, 01 Setembro , 2009, 22:51

 

 

Da entrevista de Judite de Sousa ao Primeiro-ministro:

  • O Primeiro-ministro esteve bem, seguro e descontraído. O ataque a Manuela Ferreira Leite, usando o slogan da verdade foi certeiro e muito apropriado, ao lembrar o embuste de nomear como cabeça de lista pela Madeira Alberto João Jardim, Presidente do Governo Regional e confesso absentista ao Parlamento Nacional, depois da campanha cerrada contra as duplas candidaturas do PS para as europeias.
  • A asfixia democrática foi bem esgrimida, acusando Manuela Ferreira Leite de punir os seus colegas de partido por delito de opinião (exclusão de Passos Coelho das listas). Não gostei muito da repetida suspensão da democracia, frase obviamente retirada de contexto.
  • Explicou muito bem a falta de seriedade da comparação entre o país de há 4 anos e o país de hoje, para quem se esquece dos indicadores existentes na 1ª fase da legislatura, e para quem quer fazer crer que a maior crise mundial desde há muitos anos foi apenas um abalozito de terra. As energias renováveis voltaram à ribalta, talvez um pouco repetidas de mais.
  • Defendeu bem as reformas na educação. Foi cuidadoso com as políticas de combate ao desemprego, defendendo o investimento público. Esteve muito bem ao afirmar que a crise ainda não acabou, mas que já eram visíveis os resultados das acções anticrise do governo.
  • Respondeu muito bem às perguntas sobre o fim da cooperação estratégica com o Presidente da República, assim como sobre o caso Freeport. Não esclareceu quais as alianças poderá propor e ainda bem. O PS deve apresentar-se sozinho, com uma solução governativa própria.
  • Judite de Sousa, a certa altura, deixou de ter perguntas para fazer, o que deu a José Sócrates oportunidade de tempo de antena.
  • Podia ter acabado com um pouco de humor à pergunta gira de Judite de Sousa.

Resumindo: José Sócrates assume uma atitude confiante, de alguém que sabe que tem um enorme desafio pela frente, preparando-se para o vencer; Manuela Ferreira Leite comporta-se como se soubesse antecipadamente que não terá a confiança da maioria dos cidadãos.

 

Nota: Também aqui.

 


Mário Cruz a 1 de Setembro de 2009 às 23:38
Pena ter caido na rasteira da Judite. "Acha que DEIXA o País melhor do que o encontrou há 4 anos?"
- Sim! Respondeu o brilhante e atentíssimo eng. Sócrates, a pensar no que irá fazer em Outubro...

Odete Pinto a 2 de Setembro de 2009 às 14:48
Permita-me recordar:

Sim, sem dúvida!

Mesmo que a comunicação social portuguesa se esforce por não fazer uma resenha ou uma infografia sobre as realidades dos outros países, pelo menos da União Europeia e da OCDE, pelo menos em parâmetros tão importantes como a economia e o desemprego, os portugueses já não são tão pouco esclarecidos e obtêm informações através da internet. SIMPLEX!

Bruno - Planetas a 2 de Setembro de 2009 às 00:09
Sócrates esteve francamente bem na entrevista, distendido, mas firme e determinado em acentuar aquilo que separa ambas visões sobre o País queremos. Não são apenas de diferenças de estilo, falamos sobretudo de concepções do que deve ser a sociedade, a família o estado e tudo o resto. Uma visão progressista ou conservadora, um Estado presente ou um Estado débil e progressivamente desmantelado, um País ambicioso ou envergonhado e deprimido? Estas são algumas das escolhas que todos teremos de fazer em breve.

Zé dos Montes a 2 de Setembro de 2009 às 00:27
Uns comentários rápidos:
Pedro Passos Coelho foi o maior opositor de Rangel nas Europeias, se quer ser candidato, candidate-se fora do PSD!
“Alegre denuncia retaliação política da direcção do PS” “…Manuel Alegre não gostou de ver todos os seus apoiantes fora das listas do PS para as eleições legislativas…” http://www.esquerda.net/index.php?option=com_content&task=view&id=12989&Itemid=27 – Será preciso fazer um desenho?

“…dos indicadores existentes na 1ª fase da legislatura…”
O crescimento em 2007 foi de 1,9% (http://economiafinancas.com/2008/02/pib-tera-fechado-o-ano-com-crescimento-anual-de-19/)
Crescimento na zona euro em 2007 2,7% e dos 27 países da União Europeia 2,9% (http://economiafinancas.com/2008/02/pib-na-zona-euro-cresce-04-no-quarto-trimestre-de-2007/)
Conclusão crescemos mas abaixo da média dos nossos parceiros Europeus (especialmente os que entraram mais recentemente…)

“Defendeu bem as reformas na educação”
José Sócrates disse na ocasião que o grande erro dos seus quatro anos de Governo foi propor uma avaliação “tão exigente, tão complexa e tão burocrática” 19.06.2009 - http://tv1.rtp.pt/noticias/?headline=46&visual=9&tm=8&t=Ministra-da-Educacao-desvaloriza-criticas-de-Socrates-a-avaliacao-dos-professores.rtp&article=227594), levando a ser substituído por um “modelo simplificado” para o ano 2009 e posteriormente prolongado para 2010

Plano anti-crise
“As medidas do plano anti-crise já custaram ao Orçamento de Estado 278,5 milhões de euros. Este valor registado até Julho representa uma taxa de execução de 23,9% que corresponde a uma forte aceleração do nível de investimento em relação aos valores do primeiro semestre” http://www.ionline.pt/conteudo/19266-estado-gastou-2785-milhoes-com-plano-anti-crise

sou1qualquer a 2 de Setembro de 2009 às 00:40
Sócrates esteve muito bem e mostrou a olhos vistos porque razão é ele o mais bem preparado para conduzir o país para a frente e não para trás. Quem quer conduzir em marcha atrás então que assuma e vote Ferreira Leite, quem quer parar o país que vote nos outros partidos de protesto e quem quiser continuar a andar para a frente e levar o país para patamares mais modernos e desenvolvidos então a escolha é óbvia - Ps.

A Estabilização do Desemprego e o Crescimento Económico Português foram sinais que causaram estorvo e profundo incómoda na Oposição, que preferíam que houvesse uma subida da taxa de Desemprego e a continuação da Recessão Económica - foi uma notícia lutuosa e intestinal para essa Oposição... mas vão ter que levar com elas até às eleições porque elas são sinais de que afinal a OPOSIÇÃO MENTE-NOS E ATIRA-NOS AREIA PARA OS OLHOS pois enquanto a maior parte da Europa viu as taxas de Desemprego a subir..nós estabilizamos! Enquanto os seus países continuam em Recessão (previsão de Ferreira Leite!)...nós fomos os 1ºs a sair!

Azar para ela...a bola de cristal da 'verdade' pregou-lhe uma rasteira em plena campanha eleitoral.
OS SOCIALISTA E TODOS OS QUE SEMPRE ACREDITARAM NAS POLÍTICAS DO PS PODEM AGORA DIZER ABERTAMENTE:

- AFINAL AS POLÍTICAS DO GOVERNO ESTÃO CERTAS AO CONTRÁRIO DO QUE PREGA A OPOSIÇÃO! DOUTRO MODO ELES QUE NOS EXPLIQUEM ENTÃO PORQUE É QUE TEMOS ESTES SINAIS POSITIVOS...às tantas 'compramos' os árbitros internacionais!

Zé dos Montes a 2 de Setembro de 2009 às 01:54
“A taxa de desemprego em Portugal atingiu os 9,1 por cento no segundo trimestre de 2009, divulgou esta manhã o Instituto Nacional de Estatística (INE). Os dados divulgados representam um agravamento face aos 8, 9 por cento registados no trimestre anterior.” 14.08.2009 http://tv1.rtp.pt/noticias/?t=Taxa-de-desemprego-chega-aos-91-por-cento.rtp&article=271038&visual=3&layout=10&tm=6

“Portugal regista uma taxa de desemprego de 9,2%... O secretário de Estado do Emprego e Formação Profissional, Fernando Medina, afirmou que os dados do Eurostat apontam para uma estabilização do crescimento do desemprego em Portugal e mostram que a economia tem resistido” 01.09.2009 http://diario.iol.pt/economia/desemprego-zona-euro-eurostat-relatorio-portugal/1085976-4058.html

Óptimo! Chegamos ao ponto de festejar a “estabilização do crescimento do desemprego” – para memória futura.

Zé dos Montes a 2 de Setembro de 2009 às 01:55
Ou é impressão minha, ou Sócrates (e a entrevistadora) esqueceram-se das questões fracturantes?

Isaura a 2 de Setembro de 2009 às 10:42
Sr Zé dos Montes
Acha mesmo que Manuela Ferreira é a pessoa certa para conduzir os destinos do país?
José Socrates não é perfeito e cometeu falhas mas neste momento há no panarama politico altertativa?
Convenhamos sr Zé !!!!!!!

Filipe Ribeiro a 2 de Setembro de 2009 às 09:19
Claro que se esqueceu das questões fracturantes...
Eram dois socialistas em conversa, que ao contrario do que é normal em Judite de Sousa, não interrompia o entrevistado, nem o deixava sem espaço de manobra, dando-lhe até tempo de antena.

Gostei particularmente da gafe, quase corrigida a tempo, em que o Sr. Primeiro Ministro diz: "A Histó... " corrigida depois para "A lei das uniões de facto" referindo-se ao veto politico do Sr. Presidente da República.

Até o Sr. Primeiro Ministro considera "uma história" aquilo que faz...

reb a 2 de Setembro de 2009 às 13:08
É só esta a sua síntese?

Não registou as palavras de arrependimento que o PM teve para com os professores?

Pinto Neto a 2 de Setembro de 2009 às 14:45
O maior cego é que se recusa a ver.
Acho que a Sofia precisa urgentemente de marcar uma consulta no Instituto Oftalmológico Dr. Gama Pinto, ali à Rua do Passadiço.
Isto, claro, se for apenas cegueira física, e não também da alma, como me parece que é.

logros a 2 de Setembro de 2009 às 19:36
Os comentadores de "almas", gostam muito de legislar sobre as almas alheias.
Deveriam preocupar-se com coisa mais humilde e despretensiosa.
Por ex:
a honestidade intelectual, que ignoram o que seja.

fernando f a 2 de Setembro de 2009 às 21:49
Genericamente Sócrates esteve bem, no entanto não gostei da forma como abordou a questão da educação, pois assentando esta basicamente nos factores: alunos, pais, professores e sociedade/contribuintes, e sendo fundamentalmente estes últimos que a pagam , são estes que tem que definir o enquadramento dos factores em análise. Isto para dizer o quê: Os professores sendo apenas uma das componentes da educação, nem sequer a mais importante, tem que se enquadrar, como a generalidade dos portugueses no âmbito sócio/económico europeu. Era esta resposta com mais ou menos nuances, isto delicadamente falando .

Protocolos
comentários recentes
Ainda bem que procurei por ti na internet em geral...
A discussão sobre pagar a saúde de acordo com os r...
Espero que o José Sócrates faça um bom trabalho..
Boa tarde, gostava da vossa opinião.hoje dirigi-me...
EsclarecimentoA notícia é apenas sobre uma propost...
Venho por este meio relatar-vos uma situação que c...
Sou nova nestas andanças, da net (não em anos-57) ...
Obrigada pelos textos que nos deram a ler, a refle...
Estou de acordo com a ideia lançado por vocês impo...
Simplex , simplesmente. convido-os a visitarem o m...
já agora gostaria que observem uma iniciativa empr...
Estava a gostar deste blog...
Uma escrita muito pobre, na generalidade dos casos...
Estou numa dúvida: a oposição não foi eleita para ...
Posts mais comentados
88 comentários
50 comentários
44 comentários
43 comentários
38 comentários
36 comentários
27 comentários
25 comentários
arquivos
pesquisar neste blog
 

As imagens criadas pelo autor João Coisas apenas poderão ser utilizadas em blogues sem objectivo comercial, e desde que citada a respectiva origem.