Por Sofia Loureiro dos Santos | Quarta-feira, 19 Agosto , 2009, 22:33

 

(pintura de William Gropper: Politicos)

 

Há na sociedade portuguesa a crença generalizada que a direita representa a sobriedade, o rigor, a competência, enfim, a fase adulta de uma democracia responsável, enquanto a esquerda representará o entusiasmo pueril, o idealismo puro e sem realismo, a negligência e o compadrio, a anarquia e a falta de sentido do dever.

 

O governo socialista demonstrou a inadequação desse tipo de classificações, pois aliou o dinamismo, a competência, o sentido do rigor e do serviço público, aos objectivos de solidariedade, de melhoria da qualificação, da formação e da igualdade de oportunidades.

 

As forças políticas à sua direita tiveram que readaptar o discurso, criticando o rumo da governação, acenando com a estatização e governamentalização da vida pública, a falta de liberdade e a menorização de quem defendia as reformas, tentando esvaziá-las de conteúdo. Assim, tentando colar ao governo a imagem de publicidade sem execução, de coveiro da liberdade e da sociedade civil, colocaram-se ao lado dos protestos das corporações, chamando ao governo e aos seus ministros arrogantes, prepotentes e autoritários, nunca conseguindo ultrapassar este discurso nem apresentar alternativas.

 

Às forças políticas à sua esquerda só restava brandir os fantasmas do regresso do salazarismo, da repressão, da falta de liberdade, da reacção, pois um governo que se preocupava com avaliações de desempenho e cumprimentos de orçamentos só podia ser de direita, retrógrado e fascista.

 

Daí a extraordinária aliança entre os partidos à esquerda e à direita do PS a que se assistiu durante estes últimos quatro anos e que está ao rubro nesta campanha. Não interessa discutir projectos, apresentar alternativas, comparar resultados. Não interessa perceber qual a diferença entre as visões do mundo de quem se apresenta a votos. Apenas se discute o carácter dos intervenientes, transformando a pré-campanha em ataques pessoais mesquinhos, achincalhando-se órgãos de soberania, inaceitável numa democracia.

Nota: também aqui.

 

 

tags:

ruy a 19 de Agosto de 2009 às 23:01
Vamos lá então comparar resultados.

-O poder de compra dos trabalhadores por conta de outrem registou em Portugal durante o ano pasado a maior descida dos últimos 22 anos, calcula a Comissão Europeia. Segundo os dados divulgados pelo Eurostat, Portugal encontra-se já abaixo da Eslovénia e da República Checa, estando a Grécia bastante acima do nosso país.
- O desemprego passou a barreira dos 500.000, o que já não acontecia há mais de 20 anos.
- Portugal está menos competitivo no xadrez económico mundial. Desceu dois lugares, de 37.º para 39.º, na tabela da competitividade, elaborada pelo Institute for Management Development (IMD).
-Portugal diminuiu o seu índice de “desenvolvimento humano” ao cair uma posição, situando-se agora em 29º lugar no ranking das Nações Unidas que analisou dados de 177 países. Na Europa fomos ultrapassados pela Eslovénia, Grécia e Chipre. Atrás de nós apenas a Hungria, Polónia e Bulgária.
-Portugal, de entre os 15 países da zona euro (Bélgica, Alemanha, Irlanda, Grécia, Espanha, França, Itália, Chipre, Luxemburgo, Malta, Holanda, Áustria, Portugal, Eslovénia e Finlândia), encontra-se em último lugar no que se refere ao valor do PIB (2007) por habitante.
Portugal tem um índice de 76 quando a média dos países da zona euro é de 110.
Contudo em 2005 Portugal tinha um índice de 77 e em 2007, 76, regredindo portanto.
A Roménia tinha apenas 35, a Polónia 51, a Letónia 49, a Lituânia 53, e assim por diante. O que significa que enquanto estes países vão progredindo, Portugal vai regredindo.
-Através de vários estudos do Eurostat e de pequenas notícias nos jornais ou suplementos económicos, ficámos a saber que os portugueses ganham menos 40% do que a média europeia e que o fosso salarial entre os mais ricos e os mais pobres em Portugal voltou a bater recordes, estando quase duas vezes acima da média europeia a 15. Ainda antes das alterações às reformas aprovadas pelo Governo, já somos o terceiro país onde as pessoas trabalham mais anos e se reformam mais tarde da Europa a 25~.
- Portugal está no grupo de países com piores gestores, diz o Diário Económico (16.07.07) citando um estudo realizado pela Mckinsey junto de quatro mil empresas, nos EUA, Ásia e Europa. (DG)
-Os portugueses, afinal, gastaram mais 95 milhões de euros na compra de medicamentos em apenas dois anos – entre 2005 e 2007. Esse aumento dos custos para os doentes representa um crescimento da despesa em 14 por cento, o que contraria as medidas anunciadas e implementadas pelo Ministério da Saúde, com a redução do preço dos medicamentos de marca, em seis por cento, e dos genéricos em 30 por cento, medidas que estão em vigor.
-A Administração Pública portuguesa demora em média 152,5 dias para acertar as contas com os seus fornecedores. O atraso destes pagamentos pela Administração Pública portuguesa, são o pior resultado entre a totalidade dos países da União Europeia

Sofia Loureiro dos Santos a 20 de Agosto de 2009 às 21:36
Ruy

Agradeço a extensa lista de indicadores negativos que aqui deixou, embora me pareça que alguns, como com IDH , não esteja muito exacto (pode consultar http :/ hdr.undp.org en statistics /data hdi2008 /).

Mas como não sou capaz de enumerar dessa forma tão organizada listas de indicadores positivos, sugiro-lhe que dê uma olhadela ao http :/ fadopositivo.blogs.sapo.pt / e, já agora, a consultar este mapa: http :/ 3.bp.blogspot.com _LC72LdzQi4w So0l4vwpjHI AAAAAAAAAc0 1bfIKQro0po s1600-h /Sem-t%C3%ADtulo.jpg.

Tric a 19 de Agosto de 2009 às 23:26
"Apenas se discute o carácter dos intervenientes, transformando a pré-campanha em ataques pessoais mesquinhos, achincalhando-se órgãos de soberania, inaceitável numa democracia."

os socialistas, não aprenderam nada com as eleições europeias!!... mas tambem o que se pode esperar de um partido, que é liderado por uma personalidade que mente descaradamente aos portugueses, no cargo de Primeiro-Ministro! o que é estranho é que haja tanta gente a tentar branquear tais comportamentos vergonhosos numa democracia!




Carlos P. Lima Santos a 19 de Agosto de 2009 às 23:30
Que post delirante!
Já reparou que nada do que diz tem pés e cabeça?
Precisa de férias, acho eu.

BO a 20 de Agosto de 2009 às 00:04
"Apenas se discute o carácter dos intervenientes."

1º- porque o PM promoveu o culto da personalidade;
2º- discutir o quê? tanta promessa assassinada....

Tirem o Sócrates do PS!!
Talvez tenhamos novamente esperança......

portela menos 1 a 20 de Agosto de 2009 às 00:19
o pessoal do simplex tem andado a passar mal nos últimos dias.
são muitas "coisas" juntas.
porque não se dedicam a fazer posts sobre em quem os Autores do simplex vão votar?

Francisco Cavaco a 20 de Agosto de 2009 às 11:43
Quando policias se deslocam a sedes de sindicatos e fazem interrogatórios sobre os participantes em manifestações que se vão realizar, cheira um bocadinho a outros tempos.
Quando os policias impedem autocarros com manifestantes de prosseguir viagem pq o transito está complicado em LX. cheira um bocadinho a outros tempos.
Não diria que o governo seja o coveiro pois esse enterra, mas direi que a qualidade da democracia começa a não ser a melhor.

Paulo M. a 20 de Agosto de 2009 às 12:27
Na esquerda, apenas e só o blogue 5dias está aliado aos partidos à direita do PS. Eu que voto à esquerda do PS, prefiro mil vezes Sócrates a Ferreira Leite.

Al`garvio a 20 de Agosto de 2009 às 14:05
Anda muito (jamais) a comentar aqui, ou é impressão minha?

Protocolos
comentários recentes
Ainda bem que procurei por ti na internet em geral...
A discussão sobre pagar a saúde de acordo com os r...
Espero que o José Sócrates faça um bom trabalho..
Boa tarde, gostava da vossa opinião.hoje dirigi-me...
EsclarecimentoA notícia é apenas sobre uma propost...
Venho por este meio relatar-vos uma situação que c...
Sou nova nestas andanças, da net (não em anos-57) ...
Obrigada pelos textos que nos deram a ler, a refle...
Estou de acordo com a ideia lançado por vocês impo...
Simplex , simplesmente. convido-os a visitarem o m...
já agora gostaria que observem uma iniciativa empr...
Estava a gostar deste blog...
Uma escrita muito pobre, na generalidade dos casos...
Estou numa dúvida: a oposição não foi eleita para ...
Posts mais comentados
88 comentários
50 comentários
44 comentários
43 comentários
38 comentários
36 comentários
27 comentários
25 comentários
arquivos
pesquisar neste blog
 

As imagens criadas pelo autor João Coisas apenas poderão ser utilizadas em blogues sem objectivo comercial, e desde que citada a respectiva origem.