Por Sofia Loureiro dos Santos | Quarta-feira, 19 Agosto , 2009, 19:25

 

A campanha política segue por caminhos cada vez mais tresloucados. Como os assuntos anteriores não se transformaram em casos políticos, nada melhor do que uma história de espionagem para animar estes últimos dias de Agosto.

 

Embora me seja difícil perceber qual o alcance deste tipo de factos na campanha contra o PS, ainda por cima pouco imaginativos, pouco cuidados e mal encenados, é um sintoma da desorientação política à esquerda e à direita.

 

Preocupante é assistir ao envolvimento do Presidente na campanha para as eleições legislativas. A Presidência da República sai deste episódios mais amarfanhada e enfraquecida, reduzindo a credibilidade dessa Instituição.

 

É importante que o Presidente da República perceba que não pode ser confundido com o cidadão Cavaco Silva, que já foi líder partidário, que já foi Primeiro-Ministro, que já disputou eleições legislativas. Isso foi antes de ser eleito Presidente. A sua actuação não o afecta apenas a ele, afecta a isenção e o distanciamento que deve ser paradigma desse órgão de soberania, assim como afecta a qualidade da democracia.
 

Nota: também aqui.

 


A. Pinto Pais a 19 de Agosto de 2009 às 20:45
Que sabe V. sobre este caso para ousar escrever acerca dele? Como se permite atingir o PR com frases do estilo " É importante que o Presidente da República perceba (...)"?
V. não se enxerga? V. não percebe que esta postura vai contra a causa que pensa servir, isto é, a vitória do PS?

David Santos a 19 de Agosto de 2009 às 21:12
Amarfanhada? Não! Isto estaria muito bem para uma pessoa com vergonha. Quem preside a esta Presidência é uma pessoa muito manhosa por quem nunca passou uma boa saúde política. Cavaco Silva é um manhoso. Não merece que se esteja a perder tempo com as suas manhas. Ele devia pensar na crise e não perder tempo com palermices, mas a crise fica para outros resolver.
Talvez a criação de mais uns banqueiros seja para ele e seus pares PSD, mais importante que ajudar os portugueses a ultrapassar a situação actual. Trabalhar em prol do País, já está visto: não é com o PSD nem com Cavaco e cª...

Álvaro Pereira da Silva a 19 de Agosto de 2009 às 22:45
Há muito tempo que não via tanta falta de senso num comentário tão pequenino.

montenegro a 21 de Agosto de 2009 às 20:17
Concordo em absoluto com a articulista.

o Senhor Cavaco, não foi só um bleuf como 1º ministro, como está não despir a camisola do psd, ao contrario de outros PR

Tric a 19 de Agosto de 2009 às 21:32
"É importante que o Presidente da República perceba que não pode ser confundido com o cidadão Cavaco Silva, que já foi líder partidário, que já foi Primeiro-Ministro, que já disputou eleições legislativas."

não se preocupe, Cavaco Silva teve um bom professor, Mario Soares, que os socialistas consideram ter sido um excelente Pressidente!

Joaquim Amado Lopes a 19 de Agosto de 2009 às 23:38
"É importante que o Presidente da República perceba..."!?
Quanta modéstia. Muito bem.

Esperamos ansiosamente sinais de o Presidente ter acatado os conselhos de tamanha sapiência.

Protocolos
comentários recentes
Ainda bem que procurei por ti na internet em geral...
A discussão sobre pagar a saúde de acordo com os r...
Espero que o José Sócrates faça um bom trabalho..
Boa tarde, gostava da vossa opinião.hoje dirigi-me...
EsclarecimentoA notícia é apenas sobre uma propost...
Venho por este meio relatar-vos uma situação que c...
Sou nova nestas andanças, da net (não em anos-57) ...
Obrigada pelos textos que nos deram a ler, a refle...
Estou de acordo com a ideia lançado por vocês impo...
Simplex , simplesmente. convido-os a visitarem o m...
já agora gostaria que observem uma iniciativa empr...
Estava a gostar deste blog...
Uma escrita muito pobre, na generalidade dos casos...
Estou numa dúvida: a oposição não foi eleita para ...
Posts mais comentados
88 comentários
50 comentários
44 comentários
43 comentários
38 comentários
36 comentários
27 comentários
25 comentários
arquivos
pesquisar neste blog
 

As imagens criadas pelo autor João Coisas apenas poderão ser utilizadas em blogues sem objectivo comercial, e desde que citada a respectiva origem.